Por Juliana Gaidargi em 26/06/2019 em Cloud, Segurança

Para a empresa moderna, as perdas financeiras resultantes de violações de dados contam apenas metade da história. Afinal, o dano causado à reputação, ao patrimônio da marca e à confiança do cliente da empresa é muito maior. Na era digital atual da hiperconectividade, garantir a proteção de dados assumiu, assim, importância significativa nos negócios. Ou seja, estratégias de backup e recuperação de dados são essenciais.

backup e recuperação de dadosAs organizações reconhecem cada vez mais a necessidade de adotar as mais recentes ferramentas e tecnologias para manter a integridade, segurança e privacidade dos dados.

Situação atual

De fato, em cada um dos 17 maiores incidentes de violação de dados relatados até agora, estratégias de backup e recuperação de dados simplificadas poderiam ter reduzido as perdas financeiras resultantes.

Ebook Maior Estudo de Cloud no Brasil

Portanto, um componente vital da proteção de dados é o backup e recuperação de dados. Portanto, em caso de desastres naturais ou não, soluções de redundância e recuperação de dados podem ajudar as empresas a:

  • Defender;
  • Replicar;
  • Manter seus dados críticos. 

As empresas costumam buscar a transformação digital em suas várias funções. Entretanto, o backup e recuperação de dados regularmente não está entre elas. Ainda assim, o backup e recuperação de dados é uma necessidade absoluta.

O papel do backup e recuperação de dados nas empresas

Infelizmente, muitas empresas ainda tendem a subestimar o papel do backup e recuperação de dados. Afinal, o verdadeiro valor dos dados só é revelado quando é perdido ou exposto. E como esses incidentes nem sempre podem ser previstos, as organizações devem institucionalizar mecanismos robustos de proteção de dados para se protegerem contra interrupções. Especialmente porque estas podem afetar aplicativos, servidores, sistemas de armazenamento ou até mesmo datacenters inteiros.

Ebook Melhores Práticas em Gestão de TI

Como cada novo dispositivo conectado adiciona um novo canal de possível exposição dos informações, a necessidade de backup e recuperação de dados está desencadeando uma nova abordagem dos objetivos da empresa. Ou seja, a crescente adoção de serviços de dados baseados em nuvem esta alimentando o lançamento de soluções de backup de informações

Contudo, a prevalência de silos de dados tradicionais continua sendo um obstáculo. Neste contexto, várias plataformas de código aberto estão surgindo como uma alternativa para as empresas. Isso, mesmo quando observam uma maior maturidade dos modelos de informação de dados.

Aqui estão quatro das principais tendências no universo de backup e recuperação de dados para 2019:

Checklist Nível de Excelência em TI

Ebook Maior Estudo de Cloud no Brasil

1. Versão unificada de backup e recuperação de dados

Durante anos, as empresas viram o backup e recuperação de dados como entidades separadas. Entretanto, atualmente elas existem de mãos dadas em uma plataforma hiperconvergente que inclui:

  • Backup centralizado;
  • Recuperação de desastres;
  • Arquivamento. 

Essa consolidação fornece proteção avançada de dados ao provisionar recursos PITR (Point-In-Time Recovery). Estes, até recentemente, eram usados ​​exclusivamente em aplicativos de backup. Contudo, hoje os objetivos dos pontos de recuperação foram reduzidos a segundos. Ou seja, as empresas podem efetivamente restaurar os dados de um ponto no tempo apenas alguns segundos antes do desastre. Essa estratégia de recuperação é superior à abordagem anterior. Afinal, ela girava em torno de um único backup de dados. Além disso, essa metodologia oferece conveniência, flexibilidade e valor econômico. Isso porque os investimentos em TI podem ser desviados para plataformas híbridas simples e escalonáveis.

2. Nuvem híbrida

Para um efetivo backup e recuperação de dados, contar com um único fornecedor não é mais o ideal. As organizações estão optando cada vez mais por modelos independentes de fornecedores. Afinal, eles ajudam a espalhar os riscos de violações de dados e lapsos de segurança. E a nuvem híbrida está no centro dessa evolução. Embora essa abordagem possa ocasionalmente aumentar a complexidade da proteção de dados, ela certamente torna a segurança das informações mais eficaz. Afinal, os backups tradicionais internos tornaram-se vulneráveis ​​a violações externas e internas. 

Infográfico Modelos de Suporte Técnico Para Contratar

Ebook Melhores Práticas em Gestão de TI

Portanto, as empresas estão recorrendo a modelos de Backup como Serviço (BaaS). Estes exigem o pagamento de fees mensais relativamente menores, como e quando necessário. Portanto, essas plataformas baseadas em licenças, abrangendo várias nuvens, podem ser o futuro. Afinal, fornecem gerenciamento de dados remoto e recuperação econômica.

Ebook Como Vender TI para Diretoria

3. Armazenamento definido por software

Uma pesquisa da Interop relacionada a armazenamento, backup e recuperação de dados descobriu que:

  • 38% das empresas optam pela virtualização ou pelo armazenamento definido por software (SDS);
  • 31% já encontra-se em modo de implementação. 

Os custos associados podem ser significativos. No entanto, os benefícios do SDS são inconfundíveis. Afinal, ao tornar os dados arquivados pesquisáveis, o SDS aprimora a descoberta de dados e a conformidade das empresas. 

Portanto, permite um melhor desempenho da infraestrutura e servidores legados. Graças à possibilidade de criar um novo servidor virtual, a recuperação de desastres é mais simples. Isso porque as múltiplas cópias de dados perdidos podem ser replicadas sem restauração manual.

4. SSDs e armazenamento flash 

O armazenamento de dados se tornou muito mais complexo e arriscado nos últimos anos. E o armazenamento flash é um conceito em evolução que está influenciando ainda mais as estratégias de proteção de dados corporativos. Unidades de estado sólido (SSDs) dependem de armazenamento totalmente flash. E agora, estes se tornaram mais acessíveis. Portanto, as organizações estão recorrendo cada vez mais a elas em relação a unidades rotacionais tradicionais. As razões para isso incluem fatores como velocidade, tamanho de armazenamento e preço. 

No futuro, essas unidades se tornarão ainda menores com capacidades de armazenamento maiores. Uma prévia é a série ION da Intel e da Micron, com capacidades de até 7680 GB. Isso certamente aumentará a maneira como as empresas obtêm eficiência, economia de energia e velocidade em relação a seus recursos integrados de backup e recuperação de dados.

Checklist Nível de Excelência em TI

Ou seja…

As empresas estão renovando continuamente suas estratégias de gastos com TI para atender às crescentes demandas competitivas da era digital. Contudo, a proteção de dados deverá ser a protagonista para assegurar esse objetivo. 

Afinal, ao automatizar o backup e recuperação de dados, as organizações podem:

Ebook Cases de Sucesso de Clientes

  • Reduzir custos;
  • Mitigar riscos de violação de dados;
  • Acelerar significativamente suas estratégias de recuperação de desastres.

Uma forma de garantir a segurança dos dados é terceirizar a TI da empresa. Afinal, dessa forma especialistas ficarão encarregados de manter e recuperar dados críticos.

Fonte: NXTRADATA