Blog Infonova

Informação para tomada de decisão

Resultado da pesquisa por: ""

Tudo sobre licenciamento do Windows

Por Juliana Gaidargi em 28/07/2020 em Gestão de TI

Não é novidade que a Microsoft é a marca de softwares mais usada no mundo. Tanto no universo corporativo quanto no doméstico. Desde a fundação da empresa, em 1975, seus sistemas operacionais dominam o mercado com folga. Contudo, de uns anos para cá, a Microsoft tem mudado o modelo de aquisição de seus sistemas operacionais. Ou seja, o licenciamento do Windows hoje conta com variadas formas de contratação.

licenciamento do Windows

Esses modelos de licenciamento do Windows causam muitas dúvidas entre os usuários. Sejam eles domésticos ou corporativos. Isso acontece porque, desde sempre, geralmente o sistema operacional vem pré-instalado nos computadores adquiridos. 

Tal costume acaba por baratear os custos com o licenciamento do Windows. Ou seja, da contratação do sistema operacional que, por sua vez, é indispensável para que a máquina funcione. De forma geral, para muitas empresas esta pode ser uma boa solução. Entretanto, é necessário entender o licenciamento do Windows para conseguir realizar upgrades. 

O licenciamento do Windows é importante?

Quando um software não é licenciado de forma adequada, o usuário pode achar que está economizando e, portanto, fazendo um grande negócio. Contudo, ele acaba sendo lesado duas vezes. 

Isso, porque, mesmo tendo adquirido o produto, ele continua sujeito à sanções legais. O mesmo acontece quando o sistema operacional é adquirido de forma correta, mas viola uma das limitações de uso assinaladas no contrato.

Atualmente, a Microsoft dispõe de vários modelos de licenciamento do Windows.  Destacam-se as licenças OEM, FPP, ESD e CSP. Portanto, vamos explicar cada uma delas para facilitar o entendimento acerca de qual é o modelo melhor para você.

Licenciamento do Windows por volume

O licenciamento do Windows por volume é chamado de Open e consiste no previamente conhecido como MOLP.

Esse modelo de licenciamento é voltado exclusivamente para empresas parceiras Microsoft. Ou seja, aquelas que participam do programa Microsoft Partner. Nessa modalidade não são disponibilizados produtos do mercado doméstico. É o caso do Windows 10 SL, Office Home & Student. 

Além disso, as licenças são 100% digitais. Inclusive, geralmente, nem a mídia de instalação é fornecida. Esta pode ser baixada através do site da Microsoft. Ou seja, as chaves, ISOs de instalação e quantidade de ativações são controladas exclusivamente via painel VLSC (Volume Licensing Service Center).

Vantagens

A maior vantagem desse tipo de licenciamento do Windows é a possibilidade de downgrade. Ou seja, uma licença do Windows 10 Pro permite a instalação do Windows 8.1 Pro e 7 Pro. Dessa forma, é possível voltar até duas versões do produto adquirido. A mesma regra vale para o Office. 

Já com outros modelos de licenciamento do Windows é praxe a Microsoft retirar do mercado licenças de versões anteriores. É justamente por isso  é quase impossível encontrar licenças do Windows 8.1 e, principalmente, do Windows 7 para compra. Afinal, a licença vigente para notebooks e desktops é o Windows 10.

Portanto, quem dispões de computadores com Windows ou com Office pirata e deseja se regularizar, as licenças Open são a melhor opção.

Exemplo:

Você tem uma rede compacta, com 30 computadores com Windows 7 e 8.1. Todos eles estão irregulares. Para regularizá-los seria necessário trocar os sistemas. Ou seja, reinstalar todos os aplicativos, fazer backup e reconfiguração de dados, entre outras coisas. Esse processo levaria cerca de duas horas por máquina.

Contudo, se você tem uma licença Open, você não precisa passar por tudo isso. Inclusive, faculdades e escolas têm acesso a essas licenças na modalidade ACADEMY. Órgãos do governo, por sua vez, têm acesso à linha GOVERNMENT. 

FPP (Full Packaged Product) 

O FPP também é conhecido como licenciamento de caixa. Este é o modelo clássico, no qual o software é disponibilizado em caixas contendo mídia de instalação e licença. Esse era o modelo mais difundido antes do advento da computação em nuvem. 

Entretanto, atualmente, o FPP vem perdendo espaço com as formas de licenciamento Windows que viabilizam download de softwares. Além disso, o FPP concede ao comprador o direito de instalar o sistema operacional apenas em uma máquina. Por conta disso, o modelo é recomendado para empresas menores. Ou seja, aquelas com apenas três ou quatro computadores.

Isso acontece porque o FPP tem o maior custo em termos comparativos. Portanto, se sua empresa tem mais de cinco computadores, o ideal é investir em um licenciamento em volume. Afinal, este oferece preços mais acessíveis. 

ESD (Eletronic Software Delivery)

O ESD é uma variação do FPP. No ESD o software é fornecido via download. Portanto, a diferença entre este modelo e o FPP está na praticidade da aquisição e download do software, que podem ser feitos pela internet. 

Além disso, por não haver custo com mídia e caixa, o custo do produto em si também diminui. Por conta disso, esta é a alternativa mais adotada para uso doméstico.

OEM (Original Equipment Manufacturer)

O licenciamento do Windows via OEM nada mais é do que uma pré-instalação do software em computadores recém-adquiridos. Estes podem ser novos ou recondicionados.

Esses computadores são enviados por suas respectivas fabricantes (Dell, HP, Lenovo, etc.) ou pela empresa habilitada a instalar as licenças. No OEM não acontecem compras avulsas. Ou seja, existem tanto sistemas operacionais quanto aplicativos como o Office do tipo OEM.

No entanto, para obter esse tipo de licenciamento do Windows são necessários alguns requisitos. Entre eles, destaca-se a necessidade de apresentar uma nota fiscal onde conste o equipamento mais a licença no mesmo documento. Além disso, deve ser apresentada também a etiqueta com a chave do produto colada no equipamento. Ou isso, ou a chave de ativação gravada na BIOS/firmware do equipamento.

Nesse modelo de licenciamento do Windows a fabricante pode ou não enviar mídia de instalação. Tudo depende do modelo de negócio de cada uma. 

Exemplo:

De qualquer forma, se seu computador recém-adquirido veio com o sistema instalado, saiba que seu licenciamento do Windows é do modelo OEM. Esta é um dos modelos de licenciamento do Windows mais comuns. Contudo, lembre-se de que, neste modelo, a licença vale apenas para o computador em que o programa veio instalado.

Portanto, se você precisar reinstalar o sistema operacional em uma máquina diferente, precisará fazer um novo licenciamento. Ou seja, se você trocar seu computador, não poderá continuar usando o mesmo software. 

COEM

Dentro do mesmo grupo  de licenças OEM existe o tipo COEM. Contudo, esse tipo de licenciamento de Windows só serve para computadores novos. Ou seja, nos quais nunca tenha sido instalado um sistema operacional.

Vantagem

Uma vantagem é que o licenciamento de Windows modelo COEM pode ser adquirido independentemente do hardware. Por exemplo, se houver a troca de uma placa mãe o Windows perde os requisitos para reativar o dispositivo com a chave atual. Nesse caso, a aquisição de uma licença COEM pode resolver o problema.

Contudo, uma vez ativada, essa licença ficará atrelada ao hardware no qual o Windows for instalado. Além disso, vale ressaltar que o COEM vem sendo substituído pelo padrão de licença ESD.

CSP (Cloud Solution Provider)

Por meio da  licença CSP, a Microsoft entrou no universo da Cloud Computing. Afinal, ao comprar este tipo de licenciamento do Windows o usuário adquire licenças cloud. O pagamento pode ser mensal ou anual e incluir vários produtos licenciados. Portanto, o licenciamento do Windows CSP viabiliza a personalização durante o período de contrato. 

Neste modelo, a Microsoft oferece provisionamento, suporte, gestão e faturamento direto. Entretanto, também pode haver a expansão de recursos disponíveis para o usuário por meio de novos serviços proprietários. 

Vantagens

A grande vantagem deste modelo de licenciamento do Windows está na previsibilidade de gastos. Afinal, a fee pode ser pago via boleto e entra nas despesas fixas da empresa. Além disso, o CSP não inclui fidelidade. Ou seja, não há cobrança de multas em caso de cancelamento do serviço. Além disso, o modelo de Cloud Solution Provider traz flexibilidade para os negócios.

A flexibilidade que o CSP traz para a empresa é outro ponto positivo. Afinal, a demanda particular do projeto define o que será utilizado pela empresa. Não obstante, a Microsoft permite manter um único contrato para todos os serviços em nuvem contratados. 

Microsoft 365

Dentro desta modalidade encontra-se o Microsoft 365. Sua assinatura inclui o Windows 10 Pro, Office 365, Enterprise Mobility + Security. Isso, além de 1 TB de espaço em nuvem para cada usuário. Vale lembrar que o Microsoft 365 pode ser usado por pequenas, médias e grandes empresas e pode ser adquirida diretamente no site da Microsoft ou via parceira de TI. 

Como escolher?

Mesmo munido dessas informações, é recomendável contar com o apoio de um parceiro de TI para identificar qual modelo de licenciamento do Windows é o melhor para a sua necessidade. Entretanto, é fundamental priorizar aquele que seja especialista em licenciamento Microsoft. Ou seja, que tenha certificação e competência comprovadas para realizar a regularização ou aquisição de licenças.

Portanto, se você tem dúvidas sobre qual  é o melhor licenciamento de Windows para o seu negócio, entre em contato com a Infonova

Deixe um comentário

FALE
COM UM
ESPECIALISTA

Já vai?

Receba conteúdos exclusivos e gratuitos direto no seu e-mail, para ler sem pressa ;)

Receba Gratuitamente

Fique tranquilo, não compartilhamos suas informações.

Receba Gratuitamente

Fique tranquilo, não compartilhamos suas informações.

Receba Gratuitamente

Fique tranquilo, não compartilhamos suas informações.

Receba Gratuitamente

Fique tranquilo, não compartilhamos suas informações.

Receba Gratuitamente

Fique tranquilo, não compartilhamos suas informações.

Receba Gratuitamente

Fique tranquilo, não compartilhamos suas informações.

Receba Gratuitamente

Fique tranquilo, não compartilhamos suas informações.

Receba Gratuitamente

Fique tranquilo, não compartilhamos suas informações.

Receba Gratuitamente

Fique tranquilo, não compartilhamos suas informações.

Receba Gratuitamente

Fique tranquilo, não compartilhamos suas informações.

Receba Gratuitamente

Fique tranquilo, não compartilhamos suas informações.

Receba Gratuitamente

Fique tranquilo, não compartilhamos suas informações.

Receba Gratuitamente

Fique tranquilo, não compartilhamos suas informações.

FALE
COM UM
ESPECIALISTA