Blog Infonova

Informação para tomada de decisão

Resultado da pesquisa por: ""

O que é, por que é importante e qual é o melhor firewall?

Por Juliana Gaidargi em 24/07/2020 em Gestão de TI

Antes de descobrir qual é o melhor firewall para o seu negócio, é preciso entender o que de fato é um firewall. Você provavelmente não sabia disso, mas seu cabo doméstico ou roteador DSL usa um firewall. Afinal, eles constituem uma das partes mais integrais da segurança de qualquer rede. Portanto, independentemente de você ter uma rede grande ou pequena, você precisa de um firewall.

firewall

O que é um firewall?

De forma geral, o firewall é um dispositivo de segurança que pode ajudar a proteger sua rede. Ele faz isso filtrando o tráfego e impedindo que terceiros obtenham acesso não autorizado aos dados privados do seu computador. 

Um firewall pode ser um software para o sistema operacional ou um hardware, como a filtragem definida em um roteador. Contudo, cada tipo de firewall tem uma finalidade específica. Ou seja, os firewalls podem fornecer diferentes níveis de proteção. A questão é determinar quanta proteção você precisa.

Para que serve um firewall?

Os firewalls são, basicamente, a primeira linha de defesa na segurança da rede. Afinal, ele não apenas bloqueia o tráfego indesejado. Ele também ajuda a impedir que softwares mal-intencionados infectem seu computador.

Infelizmente, firewalls e segurança configuram um tópico técnico que até alguns especialistas têm dificuldade em entender. Existem casos em que o indivíduo acredite piamente estar seguro por ter um antivírus instalado ou uma filtragem por roteador. No entanto, só esse recurso não é o bastante para de fato proteger uma rede.

A verdade é que é o firewall que bloqueia quaisquer solicitações recebidas da Internet para sua rede interna. Contudo, eles não são úteis apenas para solicitações recebidas. Às vezes, vírus e outros tipos de malware tentam se conectar à Internet para enviar dados privados do seu computador para o servidor da Web privado do hacker. 

Segurança em risco

É assim que os cibercriminosos roubam senhas, informações financeiras e outros dados para vender no mercado negro. Ou seja, ao invés de acessar seu computador, o hacker grava o software que você instala e carrega os dados em seu próprio servidor. 

Portanto, se o seu antivírus não detectar o software como malicioso, seu próximo nível de proteção é o aplicativo de firewall. Isso, porque o firewall do seu computador detecta que um aplicativo seu está tentando acessar a Internet e envia um alerta. Você tem, então, a opção de permitir a conexão (se o aplicativo for legítimo) ou negá-la. Se você negar, saberá que o software malicioso pode ser um problema no seu computador.

Vale lembrar que seu sistema operacional e seu software de segurança geralmente vêm com um firewall pré-instalado. Contudo, é preciso ativá-los. Um sistema com firewall analisa o tráfego de rede com base em regras. Ou seja, aceita apenas as conexões recebidas que foram configurados para aceitar. Isso é feito ao permitir ou bloquear pacotes de dados específicos com base em regras de segurança pré-estabelecidas.

Dessa forma, somente fontes confiáveis ​​ou endereços IP são permitidos. Os endereços IP são importantes porque identificam um computador ou fonte, tal como o seu endereço postal identifica onde você mora.

Firewall ou antivírus?

Firewalls e antivírus trabalham em conjunto para proteger seu computador e outros computadores na rede. Afinal, o antivírus detecta qualquer malware em execução no computador. Já um firewall bloqueia conexões maliciosas.

Entretanto, um firewall não deve ser sua única consideração para proteger a rede. É importante garantir que todos os seus dispositivos habilitados para Internet possuam o mais recente sistema operacional, navegadores e softwares de segurança. E isso vale também para dispositivos móveis!

Considere que o firewall atua como um gatekeeper. Ou seja, monitora as tentativas de obter acesso ao seu sistema operacional e bloqueia o tráfego indesejado ou fontes não reconhecidas.Já o antivírus monitora seu sistema operacional e identifica / bloqueia malwares e outros tipos de vírus conhecidos.

Tipos de firewall

Conforme mencionado acima, existem firewalls de software e hardware. Porém, é importante salientar que cada formato serve a um propósito diferente.

Firewall de hardware

Um firewall de hardware é físico, como um roteador de banda larga, que fica armazenado entre sua rede e gateway. 

Firewall em software

Um firewall de software é interno. Ou seja, um programa no seu computador que funciona através de números de porta e aplicativos.

Firewall em nuvem

Também existem firewalls baseados na nuvem. Eles são conhecidos como FaaS (Firewall como serviço). Um benefício dos firewalls baseados na nuvem é que eles podem crescer com sua empresa. Além disso, assim como os firewalls de hardware, se dão bem com a segurança do perímetro.

Resumindo, existem vários tipos diferentes de firewalls com base em sua estrutura e funcionalidade. Aqui estão os diferentes firewalls que você pode implementar, dependendo do tamanho da sua rede e do nível de segurança necessário.

Firewall de filtragem de pacotes

Um firewall de filtragem de pacotes é um programa de gerenciamento que pode bloquear o protocolo IP de tráfego de rede, um endereço IP e um número de porta. Esse tipo de firewall é a forma mais básica de proteção e destina-se a redes menores.

Isso, porque, embora os firewalls de filtragem de pacotes úteis, eles também têm limitações. Como todo o tráfego da Web é permitido, ele não bloqueia ataques baseados na Web. Portanto, você precisa de proteção adicional para distinguir entre tráfego da Web amigável e malicioso.

Firewall stateful de multicamadas (SMLI)

O firewall de inspeção stateful de várias camadas possui recursos padrão de firewall e mantém o controle das conexões estabelecidas. Ele filtra o tráfego com base no estado, porta e protocolo, juntamente com regras e contexto definidos pelo administrador. Isso envolve o uso de dados de conexões anteriores e pacotes da mesma conexão.

A maioria dos firewalls depende de inspeção de pacote para acompanhar todo o tráfego interno. Esse firewall está um passo acima da filtragem de pacotes no uso do monitoramento de várias camadas. No entanto, ainda não é possível distinguir entre tráfego da Web bom e ruim, portanto, você pode precisar de um software adicional.

Firewall de última geração (NGFW)

Os firewalls de última geração são mais sofisticados do que os firewalls de filtragem de pacotes e inspeção stateful. Por quê? Porque eles têm mais níveis de segurança, indo além da filtragem de pacotes padrão para inspecionar um pacote em sua totalidade. Isso significa não analisa apenas o cabeçalho do pacote. Mas também o conteúdo e a origem do pacote. Portanto, o firewall NGFW é capaz de bloquear ameaças de segurança mais sofisticadas e em evolução, como um malware avançado.

Firewall de conversão de endereços de rede (NAT)

Um firewall NAT é capaz de avaliar o tráfego da Internet e bloquear as comunicações não solicitadas. Em outras palavras, ele só aceita tráfego da Web de entrada se um dispositivo em sua rede privada o solicitar.

Firewall baseado em host versus firewall baseado em rede

Além dos diferentes tipos de firewall, existem distinções firewalls baseados em host e em rede. Mas já adiantamos que vale a pena ter os dois trabalhando juntos. 

Firewall de rede

Os firewalls de rede filtram o tráfego de e para a Internet para redes locais seguras (LAN). Eles geralmente são usados ​​por empresas que precisam proteger uma grande rede de computadores, servidores e funcionários. Além disso, um firewall baseado em rede é capaz de monitorar as comunicações entre os computadores de uma empresa e fontes externas, além de restringir determinados sites, endereços IP ou outros serviços.

Firewall baseado em host (servidores)

Os firewalls baseados em host funcionam da mesma forma que o em rede. Entretanto, são armazenados localmente em um único computador ou dispositivo. Ou seja, um firewall baseado em host é um aplicativo de software ou um conjunto de aplicativos que permite mais personalização. Eles são instalados em cada servidor, controlam o tráfego de entrada e saída, decidem se devem permitir o tráfego para dispositivos individuais e protegem o host.

É possível estar seguro sem um firewall?

Existe uma crença de que conhecer as boas práticas do uso de computadores e internet podem manter uma rede protegida. Por exemplo:

Nunca clico em links ou anexos desconhecidos.

Só faço login em sites conhecidos e confiáveis.

Nunca forneço nenhuma informação pessoal, a menos que seja absolutamente necessário.

Minhas senhas são fortes, exclusivas e complexas para cada conta online. Além disso, as atualizo com frequência.

Infelizmente, mesmo assim, você não está seguro. Se você usa a Internet, é fundamental ter um firewall. Afinal, as ameaças cibernéticas são generalizadas e evoluem. Por isso, é importante usar as defesas disponíveis para ajudar a proteger sua rede e as informações pessoais armazenadas no seu computador contra crimes cibernéticos.

Principais riscos de não ter um firewall

Acesso livre

Sem um firewall, você está aceitando todas as conexões de qualquer pessoa à sua rede. Ou seja, fica impossível detectar ameaças em potencial ou efetivas. Isso pode deixar seus dispositivos vulneráveis ​​a usuários mal-intencionados.

Dados perdidos ou comprometidos

Não ter um firewall pode deixar seus dispositivos expostos, o que poderia permitir que alguém ganhasse controle sobre o seu computador ou rede. Isso significa que os cibercriminosos podem excluir seus dados ou fazer coisa pior. Entre estas, destaca-se a possibilidade de usar seus dados para cometer roubo de identidade ou fraude financeira.

Falhas na rede

Sem um firewall, os invasores podem simplesmente desligar sua rede. Você pode pensar que basta ligá-la novamente. Mas não é bem por aí. Colocar uma rede em execução novamente, além de tentar recuperar seus dados armazenados, pode envolver muito tempo e dinheiro.

Portanto, saiba que os firewalls são uma parte essencial da tecnologia de segurança. Especialmente quando os diferentes tipos de firewalls trabalham juntos para fornecer um guarda-chuva de proteção. Afinal, firewalls podem ajudar a manter sua rede, computador e dados seguros e protegidos.

Como escolher o melhor software de firewall?

Um bom software de firewall deve contar com a maioria ou todos esses recursos:

  • Visibilidade e controle de aplicativos;
  • Identificação e controle de ameaças evasivas de aplicativos;
  • Integração de prevenção de intrusões;
  • Suporte de ambiente físico e virtual;
  • Integração com LDAP e Active Directory;
  • “Sandbox” ou emulação de ameaça isolada baseada na nuvem.

Atualmente, fornecedores de firewall estão começando a agrupar as ofertas de firewall com outros recursos de segurança ou privacidade. Contudo, essa ainda não é uma prática universal. Os exemplos mais comuns são o suporte a redes privadas virtuais (VPN), e o gerenciamento de carga.

O que deve ser considerado na escolha de um firewall?

Para comparar diferentes softwares de firewall, é importante avaliar os seguintes aspectos de cada um:

Fornecedor de serviços gerenciados vs. foco interno:

Você está procurando um software de firewall para vender e gerenciar para seus clientes ou precisa de algo para o seu próprio negócio? Afinal, o software adaptado ao primeiro contexto enfatizará o gerenciamento centralizado e a capacidade de personalização. Já o último será mais acessível para os usuários da linha de negócios sem formação em segurança de TI.

Implantações físicas vs. implantações em nuvem:

O método de implantação padrão para firewalls é via dispositivo de hardware implantado no local. Contudo, implantações alternativas em máquinas virtuais ou hospedadas na nuvem em infraestrutura de terceiros tornaram-se opções frequentes entre os principais fornecedores. As implantações na nuvem operam frequentemente em um modelo de preço de assinatura. Já os dispositivos físicos têm mais probabilidade de ser uma compra única, com custos adicionais para atualizações de software variando por produto.

Localização múltipla vs. localização única: 

Fornecer um firewall em vários locais exigirá recursos específicos. As diferenças de recursos mais relevantes serão suporte a VPN (para conexão segura a escritórios remotos), suporte a gerenciamento central e recursos nativos de SD-WAN.

Suporte: 

O suporte e o atendimento ao cliente deve ser considerado. Dada a convergência de recursos em direção à paridade de mercado, o suporte extra e os fornecedores de serviços podem se tornar um diferencial importante entre os produtos.

Quais são os melhores firewalls do mercado?

Confira a seguir os 5 melhores firewalls avaliados pelo Gartner Peer Insights nos últimos 12 meses:

Check Point DDoS Protector

O CheckPoint DDoS Protector é um dispositivo de proteção DDoS que pode bloquear ataques DDoS em segundos.

FortiGate

O FortiGate é uma opção de firewall com alta integrabilidade. Ele oferece uma variedade de opções de implantação e recursos de firewall de última geração. Isso inclui integração com plataformas de nuvem IaaS e ambientes de nuvem pública.

Sophos UTM

O Sophos UTM fornece os principais recursos de firewall, além de sandboxing e detecção de ameaças de IA para segurança avançada da rede. Possui opções de implantação personalizáveis.

Cisco ASA

O software Cisco Adaptive Security Appliance (ASA) é o SO principal do conjunto ASA. Ele fornece funcionalidade de firewall, bem como integração com módulos de segurança Cisco específicos ao contexto. Ele é dimensionado para tráfego e conexões de nível corporativo.

SonicWall TZ

O SonicWall TZ é um NGFW para pequenas e médias empresas. É uma solução de Gerenciamento Unificado de Ameaças. Conta com recursos adicionais de descriptografia nativa e inspeção profunda de pacotes.

Outras opções

Os usuários do site TrustRadius, especialista em reviews tecnológicos, e do IT Central Station também indicam outros firewalls:

WatchGuard Network Security

O WatchGuard Network Security é um software de segurança e firewall de rede. O WatchGuard inclui produtos e serviços Wi-Fi seguros, autenticação multifatorial e inteligência de rede e serviços projetados para pequenas e médias empresas.

Cisco Meraki MX

O Cisco Meraki MX Firewalls é uma solução combinada de UTM e WAN definida por software. O Meraki é gerenciado através da nuvem e fornece serviços básicos de firewall, incluindo VPN site a site, além de monitoramento de rede.

Next-Generation Firewalls – PA Series

Os firewalls de última geração da Palo Alto classificam todo o tráfego, incluindo o tráfego criptografado e interno, com base no aplicativo, função do aplicativo, usuário e conteúdo. Os usuários podem criar políticas de segurança para permitir que apenas usuários autorizados executem aplicativos sancionados.

pfSense

O pfSense é um firewall de código aberto e um produto de gerenciamento de carga. Ele fornece funcionalidade combinada de firewall, VPN e roteador e pode ser implantado por meio de nuvens da AWS ou Azure ou localmente via Netgate.

Untangle NG Firewall

Untangle NG Firewall é uma plataforma de segurança de firewall e gateway de código aberto. Ele oferece uma plataforma de firewall básica gratuita com complementos pagos e uma plataforma de gerenciamento baseada em nuvem com uma variedade de opções de implantação para equipes menores.

Juniper SRX

O Juniper SRX fornece uma variedade de recursos modulares, dimensionados para uso em nível empresarial, com base em um sistema operacional 3 em 1 que permite roteamento, comutação e segurança em cada produto.

De qualquer forma, o ideal é contar com um bom parceiro de TI. Afinal, ele poderá avaliar sua empresa e sugerir a melhor opção de firewall conforme suas reais necessidades e budget.

Entre em contato conosco para uma avaliação de sua empresa, sem compromisso. Podemos encontrar a melhor solução para você de forma idônea, personalizada, segura e sem dor.

Fontes:

us.norton.com/

blog.udemy.com/

https://www.trustradius.com/firewalls

www.itcentralstation.com/

www.gartner.com/reviews/

Deixe um comentário

FALE
COM UM
ESPECIALISTA

Já vai?

Receba conteúdos exclusivos e gratuitos direto no seu e-mail, para ler sem pressa ;)

Receba Gratuitamente

Fique tranquilo, não compartilhamos suas informações.

Receba Gratuitamente

Fique tranquilo, não compartilhamos suas informações.

Receba Gratuitamente

Fique tranquilo, não compartilhamos suas informações.

Receba Gratuitamente

Fique tranquilo, não compartilhamos suas informações.

Receba Gratuitamente

Fique tranquilo, não compartilhamos suas informações.

Receba Gratuitamente

Fique tranquilo, não compartilhamos suas informações.

Receba Gratuitamente

Fique tranquilo, não compartilhamos suas informações.

Receba Gratuitamente

Fique tranquilo, não compartilhamos suas informações.

Receba Gratuitamente

Fique tranquilo, não compartilhamos suas informações.

Receba Gratuitamente

Fique tranquilo, não compartilhamos suas informações.

Receba Gratuitamente

Fique tranquilo, não compartilhamos suas informações.

Receba Gratuitamente

Fique tranquilo, não compartilhamos suas informações.

Receba Gratuitamente

Fique tranquilo, não compartilhamos suas informações.

FALE
COM UM
ESPECIALISTA