Blog Infonova

Informação para tomada de decisão

Resultado da pesquisa por: ""

3 ações para coleta ética de dados durante pandemias

Por Juliana Gaidargi em 29/04/2020 em Gestão de TI

A pandemia do novo coronavírus tem impactado na prática de coleta ética de dados. Um exemplo é que Israel aprovou uma lei de emergência determinando que seus serviços de inteligência doméstica rastreiem as pessoas. 

coleta ética de dadosJá a polícia de Rhode Island está realizando visitas residenciais de porta em porta. Sua intenção é perguntar se alguém já esteve no estado de Nova York a fim de restringir os movimentos de visitantes de fora do estado. Dessa forma, espera-se retardar a propagação do coronavírus. Ou seja, o Covid-19 aumentou consideravelmente a demanda por coleta, uso e compartilhamento de dados.

Isso acontece porque a pandemia tem exigido medidas urgentes e incomuns para conter sua disseminação. No entanto, as decisões do líder de coleta e análise de dados devem aderir à ética dos dados. Caso contrário, existe um grande risco de causar mais mal do que bem.

“Portanto, deve-se evitar cair na armadilha de ser muito mente fechada na tomada de decisões em torno da coleta, uso e compartilhamento de dados”. 

Esta é a recomendação de Lydia Clougherty Jones, analista diretora sênior da Gartner. Ela ainda acredita que: “ética é promover o bem e evitar o mal, que é exatamente o que você deve tentar alcançar ao lidar com o Covid-19”.

Ou seja, o ideal é equilibrar a necessidade de ação rápida e decisiva com a coleta ética de dados seguindo três etapas. Afinal, assim o uso indevido de dados será reduzido. Especialmente a partir de reutilização e compartilhamento de dados desconhecidos, o que manterá a resiliência do seu valor comercial.

Compartilhe dados, idéias e talentos de dados nos setores público e privado

Seu compartilhamento de dados precisa se alinhar aos seus principais valores éticos. Isso, sem mencionar as prioridades de negócios a fim de se proteger contra seu uso indevido. Portanto, empreste seus ativos de dados ou compartilhe-os com outras pessoas, se apropriado.  Isso vale tanto para empresas privadas quanto para o governo.

Entretanto, paralelamente, limite o número de pessoas que têm acesso aos seus próprios dados. Contudo, não impeça 100% o acesso aos dados. Se apropriado, prepare-se para descartar as informações que você coletou uma vez que elas cumpram seu objetivo. Considere ainda procurar orientação dos líderes de aplicativos sobre quais tecnologias de confiança digital estão prontamente disponíveis para controlar sua coleta ética de dados, tal como seu compartilhamento.

Colabore com outras pessoas no processo de tomada de decisão

A colaboração com outras pessoas permite obter várias perspectivas sobre os dilemas de dados que afetam funcionários, clientes e entidades governamentais.

Portanto, a tomada de decisão ética deve começar com o pensamento crítico. Em seguida, deve incorporar diferentes perspectivas de raciocínio moral, considerando resultados alternativos. Ou seja, envolva pessoas de toda a organização, incluindo jurídico, marketing, vendas, operações, finanças e TI. Idealmente, o grupo deve refletir estilos cognitivos, temperamentos e valores culturais diferentes e até mesmo competitivos.

“Combinar diferentes estilos de pensamento e perspectivas leva a uma maneira mais equilibrada e mensurada de decidir se deve coletar dados, como usá-los e com quem compartilhá-los. Também ajuda a definir as condições certas para mitigar o uso indevido de dados da reutilização e re-compartilhamento ”, diz Clougherty Jones.

Além disso, deve-se visitar regularmente os exemplos globais de dilemas de dados dos materiais de recursos do Covid-19 e as notícias sobre home-office, desempenho do cliente e vigilância governamental, entre outros. Depois, discuta esses aspectos com outros líderes de sua organização. Principalmente com aqueles que têm perspectivas diferentes em relação à privacidade e indulgência dos funcionários para clientes que precisam de tempo extra ou ser dispensados ​​do desempenho contratual.

Reavalie medidas temporárias, mas volte ao normal quando possível

Também é interessante reavaliar medidas temporárias regularmente. Medidas temporárias incluem ações como a Itália, que supostamente busca dados anonimizados do Facebook para ajudar no rastreamento de contatos ou outras formas de monitoramento. Ou também a polícia na Flórida, que montou um posto de controle de rodovias na fronteira do estado para rastrear motoristas de New York.

Esses exemplos demonstram que tempos drásticos exigem medidas drásticas. Entretanto, as medidas temporárias de coleta de dados devem se manter temporárias. Afinal, a coleta ética de dados é o caminho a seguir. Depois que a crise terminar, você poderá identificar e guardar o que aprendeu. Por exemplo, os regulamentos de privacidade em saúde dos sempre restringiram as práticas de telemedicina. Contudo, hoje elas estão sendo permitidas. E esta é uma prática que talvez deva ser continuada devido à sua praticidade e assertividade.

Fonte:

Gartner

FALE
COM UM
ESPECIALISTA

Já vai?

Receba conteúdos exclusivos e gratuitos direto no seu e-mail, para ler sem pressa ;)

Receba Gratuitamente

Fique tranquilo, não compartilhamos suas informações.

Receba Gratuitamente

Fique tranquilo, não compartilhamos suas informações.

Receba Gratuitamente

Fique tranquilo, não compartilhamos suas informações.

Receba Gratuitamente

Fique tranquilo, não compartilhamos suas informações.

Receba Gratuitamente

Fique tranquilo, não compartilhamos suas informações.

Receba Gratuitamente

Fique tranquilo, não compartilhamos suas informações.

Receba Gratuitamente

Fique tranquilo, não compartilhamos suas informações.

Receba Gratuitamente

Fique tranquilo, não compartilhamos suas informações.

Receba Gratuitamente

Fique tranquilo, não compartilhamos suas informações.

Receba Gratuitamente

Fique tranquilo, não compartilhamos suas informações.

Receba Gratuitamente

Fique tranquilo, não compartilhamos suas informações.

Receba Gratuitamente

Fique tranquilo, não compartilhamos suas informações.

Receba Gratuitamente

Fique tranquilo, não compartilhamos suas informações.

FALE
COM UM
ESPECIALISTA