Blog Infonova

Informação para tomada de decisão

Resultado da pesquisa por: ""

Como proteger seus dados online?

Por Juliana Gaidargi em 15/07/2021 em Segurança

Em tempos de conectividade contínua e remota, saber como proteger seus dados online é indispensável. Afinal, tudo está na internet, inclusive pessoas mal intencionadas. Então, confira a seguir algumas dicas sobre como proteger seus dados online de forma eficaz.

proteger dados online

Não faça transações confidenciais em redes Wi-Fi públicas

Trabalhar a partir de uma cafeteria local pode ser atraente. No entanto, contar com uma conexão Wi-Fi pública significa que seus dados podem ser interceptados por estranhos. Portanto, evite realizar transações bancárias e enviar outras informações confidenciais por uma rede Wi-Fi pública. 

Afinal, se você usar uma rede não segura para fazer login em um site não criptografado, ou um site que usa criptografia apenas na página de login, outros usuários na rede podem ver o que você vê e o que você envia. Ou seja, eles poderiam sequestrar sua sessão e fazer login como se fossem você. 

Use as configurações de privacidade do site

Sites que não sejam plataformas de redes sociais também oferecem algumas opções de privacidade. O YouTube, por exemplo, permite que os usuários tornem os vídeos privados ou visíveis apenas para pessoas específicas.

Muitas vezes você pode encontrar controles de privacidade em um site navegando até um painel de controle ou menu de configurações. Às vezes, os sites chamam a atenção para os controles de privacidade, enquanto em outros casos eles os agrupam em categorias mais amplas, como “Configurações da conta”. 

Contudo, os controles de privacidade também podem ser oferecidos durante o processo de inscrição para um novo serviço ou conta online. Então, para melhor proteger sua privacidade, você deve explorar e compreender os controles de privacidade disponíveis para você em um determinado site / plataforma antes de compartilhar informações pessoais.

Não se esqueça de deslogar

A entrada em serviços online é necessária quando você precisa acessar suas contas pessoais. No entanto, muitos usuários se esquecem de sair quando terminam de usar um serviço. Contudo, ao usar computadores públicos, como em um cibercafé ou biblioteca, lembre-se de que você ainda pode estar conectado a qualquer serviço que esteja usando, mesmo depois de fechar o navegador. 

Portanto, ao usar um computador público, certifique-se de sair clicando na foto da sua conta ou endereço de e-mail no canto superior direito e selecionando ‘Sair’. Inclusive, se você usa computadores públicos com frequência, use a verificação em duas etapas para ajudar a manter sua conta segura. Além disso, tenha muito cuidado ao sair de suas contas e desligar o navegador quando terminar de usar a web.

Não abra e-mails de pessoas que você não conhece

Se você receber um e-mail de uma fonte ou pessoa que não conhece, não o abra. Além disso, definitivamente, evite clicar em links ou anexos de arquivo. O Departamento de Polícia de Hubbard Township em Ohio sugere: “Exclua e-mails de fontes desconhecidas. Cuidado com os arquivos anexados a e-mails, especialmente aqueles com extensão ‘exe’ – mesmo que pessoas que você conhece tenham enviado para você. Vírus e outros programas que podem destruir arquivos permanentemente e danificar computadores e sites da Web. Então, não encaminhe e-mails se não tiver certeza absoluta de que os arquivos anexados são seguros.”

Use autenticação de dois fatores

A autenticação de dois fatores é uma camada adicional de segurança para proteger seus dados online no caso de um hacker adivinhar ou quebrar sua senha. De forma simples, a autenticação de dois fatores requer uma segunda etapa de verificação, como a resposta a uma pergunta secreta ou um número de identificação pessoal (PIN). 

Então, você deve optar pela autenticação de dois fatores quando tiver uma opção. Alguns sites, como o Google, enviarão uma mensagem de texto para você com um código quando você realizar login a fim de verificar sua identidade. Contudo, outros têm pequenos dispositivos que você pode carregar para gerar o código. 

Os aplicativos do Authenticator também estão disponíveis em todas as principais plataformas de smartphone. Entretanto, existem outros tipos de autenticação de dois fatores, portanto, procure a opção nas configurações de seus hosts bancários, de compras e de e-mail.

Essa dica é importante para muito e vai além de proteger seus dados online. Afinal, também serve para proteger seus ativos financeiros, sua reputação e, talvez o mais importante, sua confiança pessoal ou valor próprio. Muitas pessoas foram vítimas de golpes online, comprando em falsas alegações e promessas de vasta acumulação de riqueza. Portanto, tenha cuidado com o que você recebe ou lê online. Se parece bom demais para ser verdade, provavelmente é. Afinal, o melhor cenário é você perder algum dinheiro comprando em um esquema de pirâmide que nunca lhe renderá nenhum lucro. No entanto, na pior das hipóteses, suas informações pessoais são vendidas e sua identidade é roubada. 

Use sites seguros, especialmente para transações confidenciais

Quando estiver conduzindo uma transação financeira ou compartilhando outras informações confidenciais, sempre use um site seguro para fazer isso. Secure Socket Layers (SSL) é um protocolo de segurança de site comumente usado que fornece proteção adicional para dados conforme são transmitidos pela Internet. 

Você pode saber se está usando um site seguro observando o início do URL. Aqueles que começam com https: // são seguros. Navegadores da Web como o Internet Explorer e Firefox exibem um ícone de cadeado para indicar que o site é seguro, pois também exibe https: // na barra de endereço. Quando um usuário se conecta a um site via HTTPS, o site criptografa a sessão com um certificado digital.

Quase todo mundo recebe um e-mail ocasional de seu banco, instituição financeira ou contas e serviços semelhantes. Contudo, por segurança, você deve sempre abrir uma janela do navegador e digitar o URL na barra de endereço ao invés de clicar em links de e-mails. Por quê? E-mails de phishing são uma das formas mais comuns de hackers. Afinal, é como eles obtêm informações pessoais, enganando os usuários para que entreguem inadvertidamente suas credenciais de login para contas bancárias, cartões de crédito e outras contas, onde podem obter mais informações, fazer compras não autorizadas ou até mesmo roubar sua identidade. 

Então, não seja pego por phishers. Reforçando, phishing é quando você recebe um e-mail ou mensagem de mídia social que parece ter vindo de um lugar legítimo, como um banco ou site de rede social. Contudo, se você clicar em um link da mensagem, é levado a um site que parece legítimo, mas pode ser administrado por criminosos que tentam enganá-lo para fazer login com seu nome de usuário e senha para que eles possam capturar essas informações. A melhor opção é não clicar no link, mas digitar o endereço da web (como mybank.com) na janela do navegador e seguir para o site dessa forma.

Esteja atento à sua reputação online

Qualquer informação que você inserir em sites de redes sociais, contas ou qualquer outro site pode ser potencialmente obtida em caso de violação de dados. Em geral, as informações que você coloca online contribuem para sua reputação online, o que pode afetar suas chances de conseguir emprego, entrar na faculdade de sua escolha e criar muitos problemas se as informações forem desfavoráveis.

Então, monitorar sua reputação online também pode ajudá-lo a coletar informações confidenciais que não deveriam estar disponíveis publicamente. Assim, você pode tomar medidas para removê-las. A Microsoft sugere pesquisar todas as variações de seu nome, evitando a pesquisa de números de identificação pessoal (como o número da carteira de motorista ou do Seguro Social) e pedindo aos proprietários de sites que removam essas informações se você encontrá-las publicadas. Você também deve verificar os sites que frequenta, bem como sites de redes sociais, para que possa limpar seus perfis, se necessário.

Não baixe arquivos de sites não confiáveis

Sites como plataformas de compartilhamento de arquivos ponto a ponto não são apenas ilegais, mas frequentemente estão repletos de malware. Portanto, evite baixar arquivos de qualquer site que você não confie totalmente. De acordo com uma pesquisa, descobriu-se que dos 30 principais sites piratas, ‘90% continha malware e outros‘ Programas potencialmente indesejados ’projetados para enganar ou fraudar os telespectadores involuntários. 

A categoria ‘Programas potencialmente indesejados’ é bastante ampla e inclui pop-ups e anúncios vinculados a gerenciadores de download. Além disso, o relatório vincula um terço dos sites a fraudes de cartão de crédito. 

Considere usar um e-mail descartável

Uma conta de e-mail descartável é aquela criada exclusivamente para um propósito específico que você nunca mais usará ou para qualquer outra conta ou propósito. Afinal, vivemos em um mundo onde há tantas coisas que são descartáveis ​​e endereços de e-mail podem ser adicionados a essa lista. 

Com as muitas contas de e-mail online gratuitas que levam apenas alguns minutos para configurar, é fácil criar um endereço de e-mail que pode ser descartado depois de ter servido ao seu propósito. Há muitos casos em que esse e-mail descartável fará sentido. 

Os exemplos incluem projetos de curto prazo, um endereço de e-mail específico para um aplicativo online (como Facebook ou Twitter) para fins de teste , etc. Então, basicamente, serão usados sempre que você não tiver certeza do período de uso, como quando decide fazer várias avaliações gratuitas de software, por exemplo.

Aproveite as opções de acesso móvel seguro

Alguns serviços online oferecem opções seguras de acesso móvel, permitindo que os usuários acessem os serviços sem expor as credenciais de login. Portanto, mantenha informações pessoais confidenciais e números / senhas de contas bancárias fora de seu telefone. Alguns bancos oferecem acesso móvel seguro sem ter que expor suas informações de conta ou senhas, então, invista neles.

Optar por sair do rastreamento de anúncios

Um artigo sobre MakeUseOf aborda os problemas que surgem do rastreamento de anúncios online: “Publicidade é um grande negócio. Anúncios online são usados ​​para direcioná-lo a você e isso vai ainda mais longe com os anúncios de mídia social. Você deve esperar um nível desse comportamento ao usar a Internet, mas há maneiras de limitar a quantidade de informações coletadas sobre você.

Outra dica útil é saber que o ‘lembrar senhas’ em navegadores é uma prática perigosa. Na verdade, se alguém obtiver acesso ao seu computador ou dispositivo móvel, poderá acessar facilmente qualquer conta para a qual você tenha armazenado credenciais de login no navegador. Embora possa tornar o login mais conveniente, é um hábito arriscado em relação a proteger seus dados online. 

Use mais de um endereço de e-mail para diferentes contextos

Assim como usar a mesma senha para várias contas, usar o mesmo endereço de e-mail para todas as contas é uma receita para o desastre. Isso não quer dizer que você não pode usar o mesmo endereço de e-mail mais de uma vez, contudo, uma boa estratégia é usar um endereço de e-mail diferente para contextos diferentes. Por exemplo, um para contas pessoais, um para contas comerciais, um para online, contas de varejo e assim por diante.

Muitos profissionais de segurança sabem disso, mas não é algo que o resto da população considere. Graças à facilidade do webmail essa prática não é tão difícil. Para simplificar, tente usar entre  4-5 contas de e-mail diferentes: seu endereço permanente, seu endereço comercial, um endereço para compras online quando você não confia na loja, um endereço para varejistas confiáveis ​​e um endereço para assinaturas de e-mail. 

Crie um endereço de e-mail dedicado para projetos de longo prazo

Criar uma conta de e-mail específica para um projeto de longo prazo é sempre uma boa opção. Afinal, dessa forma, se você precisar passar o trabalho ou a posição para outra pessoa, pode simplesmente repassar as credenciais de login ao invés de se preocupar em encaminhar e-mails por semanas e meses. 

Então, se você estiver envolvido em um contrato ou projeto de longo prazo, ter um endereço de e-mail dedicado a esse projeto específico faz sentido se você for transferido ou mudar de emprego. 

Faça um balanço de sua pegada digital

Semelhante a avaliar sua reputação online, fazer um balanço de sua pegada digital envolve investigar sua presença online. No entanto, com o objetivo de encontrar contas antigas que você não usa mais. Afinal, com suas informações digitais espalhadas por toda parte ao longo da vida, é importante pensar sobre quais informações valiosas você tem e onde. 

Por exemplo, quantos sites estão armazenando as informações de seu cartão de crédito? Quantos têm números de cartão atualizados e datas de validade? Onde você tem documentos, arquivos e vídeos importantes na web? Você pode começar fazendo uma lista e observando os tipos de dados confidenciais associados a cada site. Se houver sites que você não usa mais, convém considerar a exclusão de seus perfis de conta a fim de proteger seus dados online.

Não use credenciais de mídia social para se registrar ou entrar em sites de terceiros

Parece uma opção conveniente, afinal, basta se registrar em um site ou serviço online usando sua conta do Facebook ou LinkedIn e, desde que você esteja conectado a essa rede social, o login no site de terceiros é rápido e fácil. No entanto, fazer isso pode colocar sua privacidade em risco.

Afinal, embora seja uma opção conveniente, entrar em outra conta com seu nome de usuário e senha do Facebook pode significar fornecer ao outro site todas as informações que o Facebook coletou sobre você. Pior, se alguém sequestrar suas informações de login social, também poderá obter acesso a essas contas de terceiros.

Tenha cuidado ao pesquisar em categorias conhecidas por malware

Esta é uma dica difícil de descrever adequadamente em um número relativamente pequeno de palavras, mas tenha cuidado sempre que estiver procurando por algum tópico conhecido por spam ou malware. Isso geralmente acontece com tópicos de pesquisa extremamente populares, como produtos farmacêuticos, celebridades e conteúdo voltado para adultos.

Como muitas pessoas pesquisam esses tópicos, é fácil para os hackers criar sites que são essencialmente falsos, projetados exclusivamente para obter cliques e executar arquivos maliciosos. Então, pesquisar suas celebridades favoritas no Google pode ser um negócio perigoso se você não reconhecer os sites em que está clicando. Afinal, muitos resultados do Google com nomes de celebridades famosas levam a infectar seu PC com malware e vírus.

Não envie senhas ou credenciais de login da conta em redes Wi-Fi públicas ou não seguras

Nunca envie informações de conta e senha por meio de uma conexão sem fio aberta, ou seja, não segura. Afinal, você está transmitindo para todos dentro do raio de seu sinal sem fio, que pode ser de várias centenas de metros, todas as suas informações pessoais e informações de conta. Então, terceiros podem usar isso, comprometendo suas contas, por exemplo, e-mail, financeiro, acesso ao sistema / aplicativo, roubar sua identidade ou cometer fraude em seu nome.

Armazene seus dados mais sensíveis localmente

Ao invés de fazer backup de todos os seus dados na nuvem, principalmente de um provedor de armazenamento em nuvem com medidas de segurança nas quais você não está totalmente confiante, considere fazer o backup de suas informações mais confidenciais localmente ou em um dispositivo de armazenamento removível que você pode manter em sigilo. 

O roubo de identidade está aumentando e nunca é bom arriscar. Portanto, tente manter apenas os arquivos que você precisa acessar com frequência e evite colocar documentos contendo senhas para suas várias contas online ou informações de identificação pessoal (PII), como números de cartão de crédito, número de identificação nacional, endereço residencial, etc na nuvem. Contudo, se você precisar incluir essas informações em seus arquivos, certifique-se de criptografá-los antes de fazer o upload.

Alterações regulares de senha podem não ser realmente necessárias

Mudanças frequentes de senha são conselhos oferecidos há muito tempo nos círculos de segurança para proteger seus dados online. No entanto, a eficácia da prática tem sido questionada nos últimos anos. O especialista em segurança Bruce Schneier aponta que na maioria dos casos atuais, os invasores não serão passivos. Se eles conseguirem o login da sua conta bancária, eles não vão esperar dois meses, mas irão transferir o dinheiro da sua conta imediatamente. Já no caso de redes privadas, um hacker pode ser mais furtivo e ficar por perto, mas é menos provável que continue a usar sua senha roubada e, ao invés disso, instale o acesso backdoor. 

Mudanças regulares de senha não farão muito em nenhum desses casos. Contudo, em ambos os casos, é fundamental alterar sua senha assim que a violação de segurança for encontrada e o intruso bloqueado.

Use um serviço de nuvem criptografado

Embora o armazenamento em nuvem seja uma solução de backup ideal, ele também pode estar mais sujeito a hackers se você não tiver cuidado com os serviços de nuvem que escolher. Victoria Ivey, em um artigo no CIO.com, sugere criptografar os dados que você armazena na nuvem ou usar um provedor de nuvem que criptografa seus dados para você.

Existem alguns serviços em nuvem que fornecem criptografia e descriptografia local de seus arquivos, além de armazenamento e backup. Ou seja, o serviço se encarrega de criptografar seus arquivos em seu próprio computador e armazená-los com segurança na nuvem. Portanto, há uma chance maior de que desta vez ninguém, incluindo provedores de serviços ou administradores de servidores, tenha acesso aos seus arquivos.

Escolha um provedor de e-mail seguro e confiável

Nem todos os provedores de e-mail são realmente seguros. Então, certifique-se de que o seu provedor de e-mail forneça a segurança adequada. Ou seja, você precisa ter certeza de que seu provedor de e-mail usa tecnologia como DMARC para impedir phishing. A boa notícia é que o Google, o Yahoo, a Microsoft e AOL já fazem isso. Então, se você usar um desses provedores para proteger seus dados online, você está no caminho certo para minimizar o risco. 

Fonte:

Digital Guardian

Já vai?

Receba conteúdos exclusivos e gratuitos direto no seu e-mail, para ler sem pressa ;)

FALE
COM UM
ESPECIALISTA

Receba Gratuitamente

Fique tranquilo, não compartilhamos suas informações.

FALE
COM UM
ESPECIALISTA

Receba Gratuitamente

Fique tranquilo, não compartilhamos suas informações.

Receba Gratuitamente

Fique tranquilo, não compartilhamos suas informações.

Receba Gratuitamente

Fique tranquilo, não compartilhamos suas informações.

Receba Gratuitamente

Fique tranquilo, não compartilhamos suas informações.

Acesse informação exclusiva para nossos clientes e esteja informado. Conheça as técnicas, ferramentas e estatísticas do mercado, de graça, e no seu email.
É só preencher o formulário para acessar.

Receba Gratuitamente

Passo 2
0%

Receba Gratuitamente

Fique tranquilo, não compartilhamos suas informações.

Receba Gratuitamente

Fique tranquilo, não compartilhamos suas informações.

Receba Gratuitamente

Fique tranquilo, não compartilhamos suas informações.

Receba Gratuitamente

Fique tranquilo, não compartilhamos suas informações.

Receba Gratuitamente

Fique tranquilo, não compartilhamos suas informações.

Receba Gratuitamente

Fique tranquilo, não compartilhamos suas informações.

Receba Gratuitamente

Fique tranquilo, não compartilhamos suas informações.

Receba Gratuitamente

Fique tranquilo, não compartilhamos suas informações.