Blog Infonova

Informação para tomada de decisão

Resultado da pesquisa por: ""

Os maiores desafios de negócios da atualidade

Por Juliana Gaidargi em 26/05/2022 em Negócios

Crescer um negócio é complicado. De acordo com o Conselho da SBE, 89% de todas as empresas empregam menos de 20 funcionários. Entretanto, escalar ainda mais uma empresa depende da solução de vários desafios de negócios. Inclusive, a maioria desses desafios de negócios são bastante comuns em todas as organizações existentes.

desafios de negócios

As empresas em seu primeiro ou segundo ano, com menos de 10 a 20 funcionários e com receita inferior a US$ 500.000, ainda estão validando seu modelo de negócios. Contudo, uma vez que um certo senso de estabilidade é alcançado, vários desafios empresariais repetitivos continuam assombrando as organizações.

Então, confira a seguir uma lista dos desafios de negócios mais impactantes com os quais as empresas precisam lidar. A lista é dividida em 6 categorias principais. Cada uma delas descreve um desafio doloroso que as organizações em crescimento enfrentam ao longo de sua jornada de crescimento.

  1. Estratégia de Negócios

Esta seção é igualmente válida para pequenas empresas e grandes corporações. Afinal, ficar à frente do jogo é uma arte para qualquer organização por aí.

Arrisque muito e você está correndo no prejuízo. Permaneça confortável em sua posição e a concorrência roubará seus clientes mais valiosos. Definir uma estratégia de negócios eficaz que possa escalar e evoluir com o tempo é fundamental para um empreendimento lucrativo ansioso para ficar à frente.

1.1. Projetando Sistemas e Processos

O gerenciamento de processos de negócios, conforme definido na Wikipédia, é a disciplina responsável pela aplicação de técnicas e métodos para descobrir, modelar, analisar, medir, melhorar, otimizar e automatizar processos de negócios.

Além das consultorias profissionais, o BPM é um dos principais desafios em organizações em crescimento. Afinal, os processos evoluem ao longo do tempo à medida que a empresa penetra em novos mercados e contrata funcionários.

Não obstante, novos recrutas afetam a hierarquia da empresa. Isso, porque muitas vezes levam a novos níveis de gerenciamento, procedimentos operacionais e fluxos de trabalho de gerenciamento.

Portanto, vale frisar que um conjunto ineficaz de processos afetará:

  • a comunicação interna e externa;
  • o moral da empresa;
  • a eficiência da contratação de novas pessoas em escala;
  • a lucratividade na integração de novas funções.

1.2. Falta de direção/visão

As empresas que vagam sem uma visão de longo prazo são claramente ameaçadas por organizações com uma agenda clara.

A Kodak aproveitou a oportunidade para lançar a primeira câmera digital. Entretanto, eles se sentiram seguros em seu mundo fotográfico enquanto negligenciavam as desvantagens das câmeras tradicionais na era das inovações digitais em evolução.

Já a Toys R Us desapareceu para sempre, enquanto os millennials e a geração Z abraçaram os videogames e as compras online. Afinal, lojas menores vendiam os mesmos produtos com desconto, em bairros de todo o mundo.

Portanto, mesmo empresas de bilhões de dólares podem facilmente sair de um cenário competitivo. A menos, é claro, que continuem inovando, atraindo novos mercados e mantendo-se a par das últimas inovações.

Entretanto, executivos e gerentes seniores podem aproveitar o poder das estruturas de análise SWOT e identificar os elos perdidos em sua estratégia de liderança. Isso pode ser fundamental como um exercício para líderes de equipe e até mesmo funcionários individuais em toda a organização como um instrumento de “verificação da realidade” para autoavaliação.

1.3. Lidando com a concorrência do mercado

Uma antiga regra de branding afirma que os melhores negócios são:

  • O primeiro de uma categoria;
  • Ou o melhor em uma categoria.

No entanto, as startups mais jovens não conseguem definir sua vantagem competitiva única entre os gigantes estabelecidos. Os líderes do setor, por outro lado, perdem as startups furtivas que visam rapidamente seu mercado-alvo, revelando suas fraquezas e apresentando uma contra-oferta.

Então, uma solução inteligente frente a esses desafios de negócios é direcionar os mercados estrangeiros para margens de lucro mais altas. Adquirir a maior parte de um mercado em uma área menos competitiva pode gerar buzz suficiente para impulsionar o negócio em territórios do “oceano vermelho” mais difíceis de penetrar no início.

Diferenciar-se enquanto se concentra é uma estratégia comum para iniciar negócios que desejam superar os desafios de negócios de um amplo grupo de fornecedores bem-sucedidos no espaço.

1.4. Acompanhando as transformações do mercado

Adaptar-se às transformações do mercado e às inovações tecnológicas não é fácil em escala.

As empresas americanas com centenas de funcionários abandonaram os mercados da UE após a introdução do GDPR em maio de 2018. As empresas tradicionais que não conseguiram treinar suas habilidades básicas de operador de computador lutam para operar em um ambiente digital competitivo. A mesma estrutura legal está agora penetrando nos EUA, causando atritos e problemas para empresas menores.

Contudo, publicidade em jornais e mídias sociais é uma questão diferente. Assim como adaptar um processo tradicional de “vendedor de carros” a um fluxo de trabalho moderno de desenvolvimento de negócios, dada a jornada de um comprador transformada.

Entretanto, estar “atualizado” com as últimas tendências de negócios, digitais, econômicas e políticas não é fácil. Afinal, podemos estar seguindo os jornais do setor, mas inovações revolucionárias são implantadas silenciosamente, emergindo globalmente quando ganham força suficiente para escala.

1.5. Reduzindo a dependência da equipe fundadora

Um dos grandes desafios de negócios comuns para startups e empresas menores é quando os fundadores estão fortemente envolvidos nas operações do dia-a-dia.

Os fundadores inteligentes estão cientes dos benefícios de trabalhar “o” negócio em vez de “no” negócio. Contudo, implementar isso na prática é complicado.

Afinal, a execução ineficiente leva a bloqueios e fluxos de trabalho interrompidos. Isso, por sua vez, sobrecarrega a equipe fundadora, atrasando entregas, limitando o crescimento e reduzindo o nível de conhecimento institucional da equipe.

No entanto, existe uma solução plausível para esse problema. Trata-se de projetar uma estratégia de recrutamento e crescimento em torno da construção de uma equipe de liderança de intraempreendedores. No entanto, essa é uma solução menos conhecida para esse desafio comercial comum.

1.6. Equilibrando qualidade e crescimento

As startups e as PMEs em crescimento geralmente relatam uma qualidade reduzida durante o dimensionamento. Isso é particularmente verdadeiro em relação às empresas de crescimento rápido.

Durante o primeiro ou segundo ano, um pequeno punhado de pessoas é responsável por todas as operações. Então, profissionais qualificados iniciam um negócio, oferecem excelente qualidade, trabalham dia e noite na execução e constroem uma base de clientes.

Ao longo do período de crescimento, novas funções são criadas. É o caso de suporte, desenvolvimento de negócios, marketing, gerenciamento, etc. Contudo, como os processos de recrutamento e integração ainda estão em sua infância, isso cria uma separação entre o nível de qualidade entre os diferentes membros da equipe.

Além disso, a contratação de apenas profissionais de alto nível  não é sustentável em escala. Uma grande corporação só pode sobreviver com um conjunto complexo de fluxos de trabalho repetitivos, fáceis de seguir por qualquer pessoa que entre nele. Portanto, confiar na criatividade, autogestão e proatividade é arriscado e quase impossível para empresas multinacionais.

1.7. Alavancando Consultores e Consultores de Negócios

Atletas trabalham com treinadores, músicos contam com produtores para aconselhar sobre tendências, empresas trabalham sob conselhos.

O equivalente a escalar um negócio de forma eficaz para pequenas e médias empresas são consultores e assessores.

Então, encontrar um mentor de negócios é uma das dicas mais produtivas que Suhail, fundador de um Mixpanel com mais de 300 pessoas, sugere:

A eficiência em escala é primordial. Erros custam uma fortuna, tempo é essencial, alocar tempo muitas vezes envolve várias divisões. Mesmo com um pequeno exército sob seu controle, atribuir as atividades estratégicas certas é muito mais fácil quando você trabalha com um consultor digital ou de negócios.

  1. Comercialização

Marketing é um termo misto que abrange um amplo conjunto de atividades profissionais. Não é uma necessidade para equipes pequenas.

Crescer mais? É absolutamente primordial.

Contudo, aqui estão os principais desafios de negócios em marketing que as empresas enfrentam enquanto crescem.

2.1. Construindo Estratégias de Marketing Eficazes

Qual é o problema nº 1 com termos genéricos como “Marketing”, “Negociações”, “Gestão”? Todo mundo assume que eles tiram a essência deles.

Você não precisa ser certificado ou passar 4 anos em uma faculdade para gerenciar algumas pessoas. No entanto, gerenciar duas pessoas em uma PME é completamente diferente de gerenciar uma equipe de engenheiros de primeira linha no Google, por exemplo.

As organizações geralmente confiam em rumores e tendências comuns online, incluindo:

  • Os blogs são obrigatórios para o sucesso;
  • É necessária uma abordagem omnicanal desde o início;
  • Você deve gastar muito tempo nas mídias sociais;
  • O vídeo vai governar;
  • O marketing se transforma em IA.

No entanto, a falta de qualquer estratégia em vigor, estabelecendo indicadores-chave de desempenho adequados e produzindo resultados de negócios acionáveis ​​são os principais gargalos para muitos negócios, especialmente os tradicionais.

Portanto, dar o primeiro passo para refinar sua estratégia de marketing é importante.

2.2. Alocação adequada de recursos de marketing

Investir em marketing não é intuitivo no início, por isso está entre os maiores desafios de negócios para as empresas. Entretanto, há muitas opções para lançar iniciativas de marketing:

  • Contratando um cofundador de marketing;
  • Integrando um diretor de marketing;
  • Começando com um assistente ou dois;
  • Trabalhando com freelancers;
  • Assinar com uma agência.

Empresas em diferentes estágios podem aplicar o marketing de várias formas. Afinal, sem a estratégia certa, o marketing será caótico, gerando ROI mínimo (se houver) e mais caro do que útil.

Portanto, explorar as alternativas entre terceirizar ou construir equipes de marketing é o melhor próximo passo.

2.3. Medindo iniciativas de marketing

Configurar os KPIs certos (indicadores-chave de desempenho) é uma arte. No entanto, todos focam apenas na “receita”.

Claro, o crescimento da receita é o objetivo final para quase qualquer negócio. Contudo, é alcançável através de vários canais. Afinal, cada um representa uma cadeia de técnicas e eventos que levam a uma venda ou conversão.

Portanto, a falta de direção – e a imprecisão de uma estratégia – não levará a um processo apertado, mensurável que faça o trabalho.

É por isso que uma importante lição de marketing de conteúdo é que os profissionais de marketing devem delinear uma estratégia de conteúdo bem-sucedida que seja dividida em várias fases. Ou seja, estruturá-la ao longo do tempo com determinados indicadores. Tráfego, taxas de conversão, inscrições, taxas de abertura de e-mail, pesquisas de marca e centenas de outros fatores que contribuem para gerar uma compra.

2.4. Construindo uma marca corporativa

Uma marca poderosa pode percorrer um longo caminho. Contudo, as marcas mais conceituadas e conhecidas do mundo podem se dar ao luxo de:

  • Receber toneladas de atenção de relações públicas;
  • Obter milhares de pedidos de emprego sem nenhum custo;
  • Estar presente nos melhores eventos que existem;
  • Clientes com pouco atrito;
  • Receber backlinks gratuitos (sendo citado e apontado como exemplo o tempo todo);
  • Rank alto no Google como resultado;
  • Reunir um grupo leal e enorme de seguidores online.

No entanto, a construção da marca é uma iniciativa complexa e de longo prazo, e medir os resultados não é fácil. Contudo, os efeitos de uma marca poderosa são indiscutíveis.

A marca do empregador é uma arma extremamente poderosa para o recrutamento. Especialmente em organizações em rápido crescimento.

O retorno sobre o investimento na construção de marcas para grandes corporações é a principal razão pela qual centenas de milhões são despejados em outdoors de rua e anúncios de TV. Acredite ou não, esse investimento compensa com o tempo.

2.5. Confiando no marketing para geração de leads

Conforme discutido um pouco antes, definir estratégias ideais e medir KPIs é complexo. Como resultado, as empresas sabem que o marketing é essencial, contudo, ainda não têm certeza de sua eficiência.

Afinal, eles não podem contratar e aumentar a receita de forma previsível graças a iniciativas de marketing. Além disso, não podem dimensionar orçamentos de forma sustentável devido a resultados flutuantes.

E isso impacta seus processos de vendas e desenvolvimento de negócios como resultado. Essa estagnação reflete no crescimento da receita, nos aumentos salariais e na saúde mental dos funcionários no local de trabalho.

As empresas bem-sucedidas têm os processos corretos, medem os KPIs relacionados às compras reais e podem aumentar os recursos adicionais para aumentar sua receita de forma previsível.

  1. Recrutamento

Os negócios iniciais se preocupam cada vez mais com a conquista de novos clientes, fator decisivo entre os desafios de negócios. Afinal, uma vez que eles constroem uma pequena equipe e formam alguns fluxos de receita recorrentes, dimensionar a empresa se torna um desafio maior.

E quais são os principais problemas de recrutamento de que as empresas se queixam?

3.1. Contratação de novos funcionários

Você fechou uma parceria estratégica ou fechou um grande negócio, mas não tem mão de obra para executar. Com que rapidez você pode escalar a equipe?

A menos que sua marca fale por si mesma ou seus orçamentos estejam no limite, competir com todos no mercado pelos melhores talentos é entrar em uma piscina de tubarões. Não à toa esse é um dos maiores desafios de negócios que as empresas enfrentam hoje em dia. Especialmente na área de TI.

Afinal, os melhores talentos podem começar em qualquer lugar. Eles recebem as vantagens, o pacote salarial, provavelmente algum tempo de folga flexível ou oportunidades de trabalho remoto. Tudo isso juntamente a um bom cargo e algumas oportunidades de crescimento. As principais marcas nacionais e startups de ponta competem por elas, com dezenas de milhares de empregos abertos online.

No entanto, contratar em escala é ainda mais desafiador. A sobrecarga é multiplicada se você precisar fazer concessões em um mercado realmente competitivo.

Ter e seguir um guia prático de contratação de funcionários superará alguns dos principais obstáculos para você. Entretanto, você também pode contratar uma empresa de TI para suportar sua operação diária. Isso tiraria muita carga de trabalho dos seus funcionários internos além de agregar qualidade e economia para a empresa.

3.2. Fundação de novos departamentos

Ao se discutir a terceirização de processos de negócios com clientes em potencial ou parceiros em potencial, a contratação interna sempre surge. No entanto, você deve sempre se questionar:

Estou pronto para construir e nutrir todo um novo departamento?

Isso é igualmente válido para produção, desenvolvimento, marketing, logística, etc.

Com o marketing, fazer o trabalho depende de estratégia e liderança, combinada com uma equipe de profissionais de alto desempenho em diferentes disciplinas. Ou seja, copywriting, mídia social, email marketing etc.

No desenvolvimento web, construir um projeto requer desenvolvedores front-end e back-end, especialistas em garantia de qualidade, gerentes de projeto experientes em tecnologia, engenheiros de sistemas e artistas criativos.

Portanto, iniciar um novo departamento é uma tarefa desafiadora que deve ser avaliada cuidadosamente e incorporada a planos de feedback regulares e confiáveis. Isso é especialmente importante se você estiver iniciando e construindo um novo departamento com um orçamento limitado até gerar um ROI positivo.

3.3. Retendo os melhores talentos

Organizar uma entrevista com os melhores talentos não é fácil. Contudo, fazê-los aceitar uma oferta é uma questão de sorte. Retê-los? Mesmo as maiores marcas lutam para reter talentos. Em disciplinas competitivas como engenharia de software, especialmente.

O período médio de retenção do Facebook é de 2,5 anos, enquanto o do Google é de 3,2 anos. Entretanto, o cumprimento dos desafios de recrutamento mais comuns em TI reduzirá uma parte da taxa de rotatividade.

Contudo, mesmo com todas as vantagens e salários de primeira linha, projetos empolgantes e negócios no valor de centenas de bilhões, manter o talento por perto ainda é um dos grandes desafios de negócios nas organizações empresariais.

3.4. Abraçando a diversidade no trabalho

A diversidade tem sido um tema doloroso há séculos. Ganhou muito mais atenção durante a última década, com algumas revelações inovadoras para cortes salariais, assédio sexual, demissão ilegal, discriminação de gênero ou racial (para citar alguns).

Empresas como a Uber afundaram bilhões em avaliações devido à má gestão e reputação em razão da diversidade. Portanto, certificar-se de que a cultura está prosperando é um dos principais desafios de negócios para empresas hoje em dia. E enriquecer o espaço de trabalho sem colocar restrições artificiais é uma continuação natural.

3.5. Nutrindo uma cultura de empresa próspera

Construir uma grande cultura é um processo composto que abrange todas as etapas do caminho:

  • Estratégia e liderança central;
  • Definição dos objetivos da cultura;
  • Recrutamento cuidadoso e completo;
  • Fluxo de trabalho de integração adequado e equilibrado;
  • Integração com processos e equipes existentes;
  • Acompanhamento e mentoria contínuos;
  • Dando liberdade e oportunidades;
  • Desenvolvimento pessoal e profissional através do talento.

Na DevriX, o processo de desenvolvimento da cultura ocorre desde o primeiro dia. Afinal, a cultura da empresa é o principal fator para construir uma equipe remota de sucesso.

Embora seja um esforço demorado, negligenciar o talento diminuirá as taxas de retenção e a eficiência geral dentro da organização.

  1. Gerenciamento

O gerenciamento assume várias formas em uma organização empresarial. Afinal, envolve o controle e a coordenação de processos, pessoas, tempo, recursos, fornecedores, orçamentos e uma área mais ampla de atividades em toda a empresa.

Junto com a estratégia de negócios no primeiro capítulo, a administração toca todos os pontos da organização. E alguns dos principais problemas gerenciais que as empresas enfrentam são enumerados nesta seção.

4.1. Gerenciamento de tempo

Alocar efetivamente o tempo nas iniciativas certas é um ofício. E este é um dos desafios de negócios válido para praticamente todos os setores. Independentemente de você administrar uma empresa de táxi, uma agência de software, uma consultoria de gerenciamento de eventos ou um escritório de advocacia.

O gerenciamento produtivo do tempo maximiza o potencial de cada funcionário. Dentro de uma equipe, a lei de potência entra em ação: duas partes lentas vão arrastar exponencialmente uma tarefa e incorrer em sobrecarga de comunicação.

Isso envolve o tempo dos fundadores, da alta administração, dos supervisores e de todas as unidades finais do negócio.

4.2. Trabalhando no negócio

Isso está intimamente relacionado à dependência da equipe fundadora. Portanto, os proprietários de negócios e o C-Suite devem fazer a transição rápida das operações para a liderança estratégica à medida que a equipe cresce.

A princípio, os proprietários devem administrar o dia-a-dia do negócio. Eles dão o tom e criam os processos iniciais. Trazem o valor real para o negócio, entregando resultados. Construindo o produto ou entregando o serviço.

É natural e é isso que freelancers e consultores fazem na maior parte de suas carreiras. No entanto, e para escalar uma empresa e contratar pessoas? A delegação e a liberação de tempo na estratégia e no crescimento são primordiais. É aqui que a construção de parcerias e a terceirização são úteis. Afinal, um negócio não pode escalar se os fundadores trabalharem no negócio em vez de determinar e definir a direção para toda a organização.

4.3. Comunicação

Um estudo de comunicação divulgado pela Society for HR Management inclui 400 empresas com 100.000 funcionários cada. A comunicação inadequada incorre em uma perda média de US$ 62,4 milhões causada por sobrecarga, trabalho desalinhado, entregas incorretas e muito mais.

Os problemas de comunicação chegam facilmente aos 10 principais desafios de negócios críticos em todas as organizações. E há tantos fatores que contribuem: falta de experiência suficiente, requisitos vagos, medo de decepcionar a gestão (ou perder o emprego), ego, processos ruins.

Então, estabelecer um protocolo de comunicação simplificado e processos simples é o objetivo da consultoria de gestão e da gestão operacional.

4.4. Motivando Funcionários

Um dos desafios de negócios críticos para startups e grandes corporações. Um funcionário ineficiente e desmotivado em uma startup pode valer 20% de toda a mão de obra da empresa. Isso pode muito bem fazer com que a startup vá à falência. Felizmente, pequenas equipes trabalham juntas todos os dias e perceber a tendência é mais fácil do que supervisionar dezenas de milhares de funcionários.

Portanto, o desafio para as grandes corporações é a lei do poder. Se vários departamentos forem desconectados do objetivo geral do negócio, isso pode resultar em centenas de funcionários investindo o mínimo necessário para permanecerem empregados. E as despesas combinadas para a corporação são impressionantes. Isso sem falar nas oportunidades perdidas de fechar novos negócios.

Vale lembrar que quando o capital não existe, técnicas criativas de recrutamento e gestão estão disponíveis para startups e pequenas empresas.

4.5. Liderança Estratégica

O papel da liderança estratégica é definir o roteiro certo para o negócio (ou um departamento). Isso é feito dividindo-o em itens acionáveis, delegando as metas para as partes responsáveis, unindo a equipe, motivando cada membro e movendo a agulha tanto no curto quanto no longo prazo.

Entretanto, a liderança estratégica toca em outros aspectos importantes da gestão. Afinal, ela abrange as necessidades do negócio por meio da idealização e execução, vislumbrando tendências e buscando oportunidades.

Também respeita cada membro da equipe, reconhecendo habilidades valiosas e desenvolvendo novas oportunidades de crescimento. Portanto, a liderança eficaz melhora o moral da empresa e progressivamente leva o negócio adiante.

4.6. Trabalho Híbrido

O “novo normal” desde o início de 2020 mudou muitos paradigmas. Isso inclui a mudança global para o trabalho remoto, trabalho em diferentes fusos horários e contratação internacional (para citar alguns).

Enquanto os gerentes globais cresceram em sua nova função de gerenciar talentos remotos, a nova transição para o trabalho híbrido apresenta seus próprios desafios para os negócios.

A introdução de novas ferramentas para facilitar a comunicação assíncrona entre as equipes permitiu uma melhor alocação de tempo entre as chamadas do Zoom e as reuniões do Slack/Teams. Então, estabelecer um fluxo de trabalho melhor que fortaleça as reuniões no local com inclusão de funcionários remotos é o próximo passo.

4.7. Modo de foco limitado

De acordo com diferentes estudos, os gerentes gastam cerca de 20 horas por semana em reuniões. Entretanto, bloquear o tempo para o trabalho de foco é um dos grandes desafios de negócios para as empresas..

Como aumentar a produtividade enquanto mantém a colaboração entre as equipes? Uma maneira de combater a fadiga das reuniões é dominar a multitarefa. Compreender como e quando focar é importante, mas ser um mestre em multitarefas tem seu próprio peso.

Além disso, combater a procrastinação ajudará você e suas equipes a desenvolver resiliência no trabalho.

  1. Vendas

As vendas são uma necessidade para alimentar o motor corporativo. Afinal, uma estratégia de vendas bem-sucedida abre oportunidades de crescimento em todos os departamentos de negócios. E isso inclui a contratação de novos membros da equipe, investimento na construção da marca, treinamento para funcionários atuais, aumentos e bônus e uma rede de segurança se algo der errado.

Aqui estão os desafios de vendas mais urgentes para a maioria das empresas.

5.1. Desembarque de Novos Negócios

Toda empresa luta para fechar novos clientes (pequenos e grandes). Até as multinacionais precisam competir por grandes contratos governamentais.

No entanto, as startups ainda não se provaram, carecem de uma equipe de vendas totalmente treinada no local e precisam competir com organizações grandes e conhecidas. E isso é especialmente verdadeiro se o fundador não tiver experiência em vendas.

Não obstante, os empreendimentos são caros. Ou seja, seus custos operacionais são altos, o que afeta seu preço. Além disso, a maioria das empresas não consegue inovar com rapidez suficiente, permitindo que concorrentes entrem em contato ou startups sejam lançadas, adquirindo alguns de seus usuários existentes.

Mesmo quando existe um processo de vendas estabelecido, o cenário do mercado evolui em ritmo acelerado. Os consumidores têm acesso a novas oportunidades ou concorrentes, por exemplo. Alguns canais lucrativos ficam supersaturados. Além de tudo, reter os melhores vendedores é caro e consome as margens do negócio.

5.2. Retenção de clientes (valor vitalício)

Como as vendas e o marketing ficam mais caros, reter os clientes existentes é o foco das empresas de SaaS, empresas de serviços, empresas de suporte e qualquer outra empresa capaz de entregar continuamente ao mesmo cliente.

No entanto, a retenção de clientes pode ser interrompida com queda na qualidade, aumento de preços e surgimento de concorrentes mais lucrativos. E muitas empresas simplesmente não encontraram canais eficazes para manter os clientes satisfeitos e dispostos a pagar continuamente. Felizmente, diferentes técnicas estão disponíveis para prolongar continuamente o valor da vida útil por cliente.

5.3. Maximizando o boca a boca

Os maiores desafios de negócios atuais que as empresas em crescimento enfrentam tem relação com a retenção de clientes. Trata-se de desbloquear novas oportunidades de vendas para clientes satisfeitos.

As empresas tradicionalmente não têm um processo eficaz para receber apresentações de outros leads ou convites para eventos especiais do setor. Isso pode ser complementado com estudos de caso, análises de vídeo e depoimentos, aumentando a credibilidade de um negócio.

De acordo com a Nielsen, 92% dos consumidores confiam mais no boca a boca do que em qualquer outra forma de publicidade. Portanto, vale a pena conceituar e maximizar esse canal.

5.4. Identificando novos canais de vendas

A maioria das pequenas e médias empresas alavanca um ou dois canais de vendas. No entanto, estes são geralmente insuficientes e arriscados.

Além disso, eles podem ser caros. Participar de feiras para fechar alguns leads requer muita preparação, viagem e acomodação, além de construir uma equipe capaz de fechar negócio. Com o tempo, novos canais de vendas surgem. Contudo, você está procurando-os ativamente?

O mesmo vale para experimentar regularmente canais que não funcionaram no passado. Ou seja, se a chamada fria não era eficiente há um ano, pode funcionar melhor agora. Afinal, um novo contratado pode ser mais competente para entrar em contato por meio do LinkedIn. Sua marca pode ter contribuído para o melhor posicionamento do seu negócio, dependendo de ter a oferta certa para lançar. Tente.

5.5. Lidando com negociações de preços

Mesmo os vendedores mais experientes muitas vezes lutam com a pechincha de preços. E esse é um dos maiores desafios de negócios em tempos de recessão. Afinal, embora você saiba o valor do seu produto, isso não se traduz necessariamente na mente do seu cliente em potencial.

Portanto, com a nova concorrência a bordo e formas inovadoras de resolver problemas de negócios existentes, reter o valor de sua solução não é fácil. Parcerias potenciais lucrativas podem justificar a redução do custo em alguns casos, mas identificar as oportunidades de parceria certas requer uma boa quantidade de experiência e prever as oportunidades correspondentes.

5.6. Construindo Parcerias Estratégicas e Networking

Uma das maneiras mais fáceis de iniciar um novo negócio ou lançar um novo produto é alavancar parcerias e networking com os fornecedores certos. Afinal, as parcerias são um dos quatro canais de geração de leads mais importantes para os negócios. 

Iniciar uma colaboração significativa com um negócio existente que atende ao mesmo público pode ser um ganho incrível para ambas as partes: você alcança seu público ideal e seu parceiro pode fazer upsell ou venda cruzada de seus serviços.

Os marketplaces são um meio intermediário que faz o trabalho. Entretanto, uma parceria real permite que você realize webinars conjuntos, aproveite a imprensa em conjunto e maximize os gastos com anúncios de forma eficaz.

  1. Tecnologia

A tecnologia fica na interseção de gerenciamento e operações. Empresas de todos os tipos e formas implantam soluções de software para:

  • posicionamento online;
  • automação de marketing;
  • gerenciamento de relacionamento com o cliente;
  • planejamento de recursos;
  • rastreamento de aplicativos;
  • gerenciamento de projetos e mais.

Então, compreender como e quando a tecnologia pode aumentar a produtividade do negócio é uma habilidade fundamental.

6.1. Resolvendo problemas de produtividade

A perda de produtividade é uma combinação de processos ineficientes, rastreamento ruim, sobrecarga de comunicação e integração incompleta. No entanto, todos esses desafios de negócios referentes à TI podem ser resolvidos com a pilha de tecnologia certa. Aqui está como fazê-lo.

  • Os processos podem ser otimizados com soluções de gerenciamento de processos de negócios, refinando cuidadosamente seu conjunto de processos. Isso, além de delegar cada etapa a um membro da equipe e acompanhar o progresso ao longo do tempo;
  • O rastreamento e o gerenciamento de projetos podem ser feitos com sistemas PM. Ou seja, um aplicativo de mensagens de equipe e rastreadores de tempo, sempre que aplicável;
  • A integração pode ser realizada por meio de documentação ou cursos on-line, treinamento por e-mail, aplicativos de demonstração e conferência virtual sempre que consultores externos estiverem envolvidos.;
  • Aproveite as ferramentas para multitarefa e comunicação assíncrona;
  • A resolução repetitiva de problemas de produtividade terá um impacto positivo cumulativo no crescimento dos negócios e na moral da empresa.

6.2. Automatizando processos de negócios

As operações do dia-a-dia sempre podem ser otimizadas. Afinal, reduzir o atrito administrativo é uma “melhor prática” ao criar um plano de negócios para a empresa ou um novo produto.

Antigamente, as empresas de logística não usavam dispositivos GPS e software de rastreamento otimizando suas rotas ao longo do dia. Eles costumavam preencher guias de transporte em papel, usando um conjunto finito de números de recibos, transferindo para a contabilidade, que gastava dias para mesclar esses números antes do final do mês.

A contabilidade costumava ser feita em papel, à mão. As apresentações de vendas eram conduzidas por telefone ou no local devido à falta de videoconferência e apresentações.

Eventualmente, novas soluções técnicas surgiram, resolvendo processos do dia a dia, reduzindo a taxa de erro de erros manuais, simplificando cálculos e projetando previsões.

6.3. Implantando tecnologia para inovação

Mesmo quando as ferramentas estão disponíveis, implantá-las no trabalho pode se tornar um conjunto complexo de processos, caracterizando desafios de negócios para a empresa.

Afinal, organizações em crescimento utilizam dezenas, se não centenas, de ferramentas de software responsáveis ​​por diferentes atividades. Seu intuito é maximizar o uso da incorporação de tecnologia para solucionar desafios de negócios. Aplicativos eficazes conversam entre si, extraindo dados de ferramentas de software financeiro, verificando com aplicativos de marketing e gerando relatórios em ERPs ou CRMs.

Entretanto, encontrar a pilha técnica certa pode ser complicado. Portanto, é um desafio constante para executivos e líderes avaliar o retorno do investimento para reestruturar certas partes do cenário técnico em favor da melhoria de processos e economia de tempo.

6.4. Equipe de treinamento em geral

Além da logística técnica, ensinar aos funcionários novos aplicativos de software é um investimento caro. Embora a geração mais jovem se sinta mais confortável em alternar entre aplicativos (graças à adoção de laptops, tablets, smartphones), esse não é o caso de todos. Especialmente da geração mais velha.

É por isso que o treinamento pode levar semanas, meses ou até mais de um ano para ERPs complexos ou outros aplicativos de processos de negócios que oferecem dezenas de milhares de recursos. Considerar a adoção de uma solução de software é sempre uma prioridade para os líderes de negócios que procuram maneiras de otimizar processos. Isso, além de reduzir a sobrecarga de contratação para operações que podem ser facilmente automatizadas (pelo menos parcialmente).

6.5. Mantendo-se atualizado com as inovações

Devido aos desafios de implantação de novos softwares, as organizações geralmente ficam muito confortáveis ​​usando ferramentas ou aplicativos desatualizados. Afinal, isso cria uma falsa sensação de “eficiência”. Um aplicativo de software está instalado e parte do trabalho é feito. No entanto, muitas vezes, este não é o melhor caminho a seguir.

Além disso, identificar as soluções técnicas corretas para implantação é questionável. Organizações com líderes limitados em tecnologia podem perder grandes oportunidades. Ou seja, podem ser enganados por caras campanhas publicitárias e de relações públicas iniciadas por alternativas de mercado menos promissoras.

A perda de oportunidades importantes pode degradar a eficiência da organização e, como resultado, afetar a qualidade do trabalho. As empresas orientadas para a tecnologia que contam com a tecnologia mais recente podem fornecer resultados semelhantes por uma fração do custo ou do tempo.

Portanto, o ideal é que se contrate uma parceira de TI qualificada para cuidar de toda a parte técnica da empresa. 

Diferenciais da Infonova

A Infonova tem 20 anos de experiência em tecnologia, infraestrutura de TI, e pessoas. Temos clientes internacionais como HBO, AirBnb, Linkedin, Tempo Assist, Nissin, entre outros. Ou seja, estamos aptos a atender qualquer segmento e tamanho de negócio com maestria.

BACKUP

Todas as posições de profissionais da Infonova têm backup. Temos um ditado interno que é: “quem tem um… não tem nenhum”. Portanto, somos obcecados em ter continuidade nas operações para que nós e os nossos clientes possam focar na parte mais importante: explorar oportunidades e gerar crescimento.

VALOR FINANCEIRO

O valor da Infonova é intencionalmente menor quando comparado com empresas no mesmo nível de maturidade. No entanto, fazemos isso para ter a possibilidade de escolher os nossos clientes e ter uma base de clientes satisfeitos, e por bastante tempo.

LIBERAÇÃO DO RH

O RH é uma das áreas mais importantes de qualquer empresa. Afinal, ele deve estar focado em gerir a cultura, desenvolvimento dos colaboradores e atração de talentos; e não apenas com a reposição de profissionais. Sendo assim, terceirizar a TI oferece a possibilidade de fazer com que o RH esteja mais livre para se tornar um vetor de crescimento para a empresa.

FLEXIBILIDADE – HUB DE TECNOLOGIA

A Infonova não faz só Infra, ela pode fazer de tudo. Na verdade, para alguns clientes que não podem resolver algumas questões diretamente, a Infonova atua como Hub, indo para o mercado, encontrando parceiros e fornecedores e interagindo com eles. Esses serviços incluem áreas diversas, como: 

  • Ar condicionado;
  • Outsourcing de impressão;
  • Links de internet;
  • Compra de materiais e mais.
ALOCAÇÃO DE DESENVOLVEDORES

A Infonova já foi uma fábrica de software no passado. Contudo, em 2012 escolhemos focar em Gestão de TI, Infraestrutura e Segurança. No entanto, como era de se esperar, esse conhecimento e familiaridade permanecem até hoje no time. Portanto, realizamos consultorias de DevOps para alguns clientes, atuamos como mediador entre clientes e desenvolvedores, e também alocamos desenvolvedores para alguns clientes.

RETENÇÃO DE COLABORADORES

Demoramos mais de 10 anos para entender e construir as ferramentas para atrair e manter profissionais de tecnologia no nosso time. Então, seja o profissional alocado no cliente ou não, temos a vivência de como reter, desenvolver e satisfazer tanto os profissionais quanto os clientes. E essa é uma necessidade para o sucesso da empresa.

LIBERAR BRAIN POWER DA ORGANIZAÇÃO PARA APROVEITAR OPORTUNIDADES

Não dá para fazer tudo. Então, faz mais sentido focar no que faz a empresa crescer, mas isso requer um recurso escasso: tempo e atenção. Terceirizar a TI significa retomar esse recurso, contudo, não é de graça. Terceirizar é mais caro do que contratar direto, mas faz sentido se você pode usar a atenção e o tempo para realizar mais valor, inclusive financeiro.

NÃO TEM MULTA DE CONTRATO

A Infonova tirou as multas dos seus contratos há muitos anos. Afinal, entendemos que para o cliente, muitas vezes mudar é uma situação nova. Portanto, escolhemos tirar o risco do cliente e trazer este risco apenas para o nosso lado.

PODE PARAR QUANDO QUISER

Os primeiros 90 dias de contrato com a Infonova não tem multa e nem aviso prévio. Ou seja, basta pedir para parar. Contudo, após os 90 dias, também não temos multa, porém, solicitamos um aviso com 30 dias de antecedência.

CONTINUAMOS AMIGOS

Na Infonova a relação continua mesmo sem contrato. Ou seja, mantemos o relacionamento com os clientes e continuamos ajudando, trocando experiências e apoiando, independente de existir um documento de contrato ou não. Afinal, o nosso interesse é na parceria.

DORMIR TRANQUILO

Stress faz parte do crescimento. Afinal, crescer não é um caminho fácil. No entanto, você pode escolher o tipo de stress que quer ter. Ou seja, pode decidir entre o stress de fazer a empresa “funcionar”, ou o de focar em aproveitar as oportunidades enquanto dorme tranquilo sabendo que o dia a dia está garantido.

 

Fonte:

Mario Peshev

FALE
COM UM
ESPECIALISTA

Já vai?

Receba conteúdos exclusivos e gratuitos direto no seu e-mail, para ler sem pressa ;)

Receba Gratuitamente

Fique tranquilo, não compartilhamos suas informações.

Receba Gratuitamente

Fique tranquilo, não compartilhamos suas informações.

Receba Gratuitamente

Fique tranquilo, não compartilhamos suas informações.

Receba Gratuitamente

Fique tranquilo, não compartilhamos suas informações.

Receba Gratuitamente

Fique tranquilo, não compartilhamos suas informações.

Receba Gratuitamente

Fique tranquilo, não compartilhamos suas informações.

Receba Gratuitamente

Fique tranquilo, não compartilhamos suas informações.

Receba Gratuitamente

Fique tranquilo, não compartilhamos suas informações.

Receba Gratuitamente

Fique tranquilo, não compartilhamos suas informações.

Receba Gratuitamente

Fique tranquilo, não compartilhamos suas informações.

Receba Gratuitamente

Fique tranquilo, não compartilhamos suas informações.

Receba Gratuitamente

Fique tranquilo, não compartilhamos suas informações.

Receba Gratuitamente

Fique tranquilo, não compartilhamos suas informações.

FALE
COM UM
ESPECIALISTA