Blog Infonova

Informação para tomada de decisão

Resultado da pesquisa por: ""

O quão relevante é o seu negócio para os clientes

Por Juliana Gaidargi em 16/12/2020 em Negócios

O seu negócio é relevante para os clientes? Os clientes veem sua organização como líder em inovação, qualidade e serviço? A equipe da sua empresa é realmente uma equipe? Ela é formada por profissionais que entregam soluções? As métricas de satisfação e fidelidade do cliente estão alinhadas com os concorrentes de topo?

negócio relevante

Então, pergunte aos seus clientes quais motivadores influenciam suas decisões de compra. Muitas vezes, as empresas se tornam irrelevantes para os clientes. Tudo por causa de liderança, cultura e inovação inconsistentes. Além disso, não é o preço que mata a noção de relevância. É a qualidade da organização.

Afinal, empresas de qualidade têm três coisas em comum: 

  1. Liderança;
  2. Cultura;
  3. Comunicação eficaz.

Contudo, isso não se codifica seu caminho para a liderança. Tampouco para relacionamentos interpessoais. Na verdade, a tecnologia é simplesmente um mecanismo para:

  • Eficiência;
  • Gerenciamento de dados;
  • Tarefas robóticas. 

Ou seja, não é um substituto para liderança. Nem para equipe ou comunicação colaborativa.

Liderança

Considere a seguinte situação:

Um fornecedor da empresa estava sob revisão. De acordo com o agente de compras do cliente, o fornecedor presumiu incorretamente que o relacionamento estava em boas condições. Portanto,  também presumiu que os níveis de serviço atendiam às expectativas.

Contudo, esse fornecedor não introduzia inovação há algum tempo. Outra preocupação era a má comunicação de vários departamentos do fornecedor. Curiosamente, os produtos oferecidos por esse fornecedor tinham preços competitivos. No entanto, seu valor agregado havia diminuído. Dessa forma, o fornecedor lentamente se tornou irrelevante.

Sabe quem determina o valor agregado de uma empresa? Sua liderança. No entanto, cada departamento e funcionário é responsável pela satisfação e relevância do cliente. Então, pensando nisso, o seu negócio é relevante para os clientes?

Pivô para maior relevância

Sua empresa planeja dinamizar e aumentar sua relevância para o cliente? Então cabe à liderança compreender a verdade sobre a organização. Processos de descoberta eficazes usam avaliações organizacionais e pesquisas de clientes. Afinal, eles descobrem fatos e evidências reais sobre liderança, cultura da empresa e expectativas do cliente.

Além disso, negócios relevantes para os clientes desenvolvem estratégias viáveis ​​para melhoria. Enquanto isso, empresas destinadas à irrelevância não fazem nada. Eles arquivam a inteligência de avaliação como tóxica, para nunca mais ser vista.

Contudo, a rotação eficaz da irrelevância requer uma estratégia acionável. Mas o que é uma estratégia acionável afinal? Estratégia acionável é aquela que é bem elaborada e executável. Ou seja, que influencia e aumenta as habilidades tanto da liderança quanto dos funcionários.

Cultura

Sua cultura é sua marca. Ou seja, a cultura influencia o valor agregado da marca. Portanto, culturas positivas abrangem comunicação, colaboração e relacionamentos interpessoais. Além disso, também estão focadas na melhoria contínua das habilidades profissionais. Tal como no desenvolvimento de carreiras.

Então, não é surpresa que os negócios relevantes para os clientes estejam perfeitamente sintonizadas com suas métricas culturais. Afinal, a melhoria cultural oferece:

  • Maior produtividade;
  • Retenção de funcionários;
  • Satisfação do cliente.

No entanto, a cultura também é um indicador das práticas de negócios da empresa. Afinal, os funcionários são transmissores de cultura. E, portanto, uma linha direta para estabelecer a percepção do cliente.

Além disso, culturas de qualidade cuidam melhor dos relacionamentos com os clientes.

Qualidade

Qualidade é uma medida ou percepção dos produtos e serviços da empresa. Então, a qualidade organizacional é a medição de:

  • Valores de longo prazo;
  • Realizações;
  • Sustentabilidade;
  • Investimento nos funcionários.

Portanto, empresas relevantes estão focadas no equilíbrio cuidadoso de qualidade. Enquanto isso, empresas irrelevantes lutam para diferenciar os dois tipos de qualidade.

Você escolhe seus clientes. Também é você quem escolhe seus riscos. E o mesmo vale para sua margem de lucro. Ou seja, tudo é uma questão de escolha.

Saiba que organizações eficazes geralmente levam a noção de qualidade para destinos radicalmente diferentes. A verdadeira diferença está na equipe. Afinal, funcionários de qualidade entregam melhor bens e serviços de qualidade. Contudo, por um valor maior.

Além disso, os clientes consideram seu relacionamento e investimento produtivos e relevantes. O fornecedor só se preocupa com a qualidade do produto ou serviço? Então ele não atende às expectativas do cliente. Simples assim.

Inovação

A relevância é determinada pelo valor que os fornecedores agregam na forma de inovação. Portanto, a inovação eficaz oferece um novo valor ao cliente. Além disso, também é uma oportunidade de ampliar o relacionamento profissional.

Liderança e cultura combinadas impulsionam a capacidade da empresa de oferecer inovação. Os líderes que estão fora de contato com os clientes deixam de reconhecer o valor e a importância da inovação eficaz.

Contudo, culturas passivas têm dificuldade em valorizar a inovação. Afinal, elas vêem produtos e serviços inovadores como outra tarefa. Ou seja, não como o futuro.

Portanto, culturas passivas geralmente são resistentes a mudanças. E isso é um grande contribuinte para a irrelevância da empresa.

Relevância

Quando um negócio deixa de ser relevantes, os clientes procuram outro lugar. É simples. Eles estão apenas reduzindo o risco. Afinal, liderança, cultura e comunicação eficazes são a fonte fundamental de qualidade. 

E quem decide o quão relevante é o seu negócio? Você! Afinal, em última análise, a natureza competitiva do capitalismo eventualmente determina o status da empresa. Ou seja: relevância ou perecer.

Objetividade

Quer uma dica objetiva? Então contrate um observador imparcial para ajudar sua organização ao considerar a análise cultural e o aprimoramento. Afinal, um aliado objetivo e externo pode ajudar a determinar todos os lados e peças do quebra-cabeça. E, portanto, dar uma visão honesta da cultura, sem jogo político.

Fonte:

Tactiware

Já vai?

Receba conteúdos exclusivos e gratuitos direto no seu e-mail, para ler sem pressa ;)

FALE
COM UM
ESPECIALISTA

Receba Gratuitamente

Fique tranquilo, não compartilhamos suas informações.

FALE
COM UM
ESPECIALISTA

Receba Gratuitamente

Fique tranquilo, não compartilhamos suas informações.

Receba Gratuitamente

Fique tranquilo, não compartilhamos suas informações.

Receba Gratuitamente

Fique tranquilo, não compartilhamos suas informações.

Receba Gratuitamente

Fique tranquilo, não compartilhamos suas informações.

Acesse informação exclusiva para nossos clientes e esteja informado. Conheça as técnicas, ferramentas e estatísticas do mercado, de graça, e no seu email.
É só preencher o formulário para acessar.

Receba Gratuitamente

Passo 2
0%

Receba Gratuitamente

Fique tranquilo, não compartilhamos suas informações.

Receba Gratuitamente

Fique tranquilo, não compartilhamos suas informações.

Receba Gratuitamente

Fique tranquilo, não compartilhamos suas informações.

Receba Gratuitamente

Fique tranquilo, não compartilhamos suas informações.

Receba Gratuitamente

Fique tranquilo, não compartilhamos suas informações.

Receba Gratuitamente

Fique tranquilo, não compartilhamos suas informações.

Receba Gratuitamente

Fique tranquilo, não compartilhamos suas informações.

Receba Gratuitamente

Fique tranquilo, não compartilhamos suas informações.