Blog Infonova

Informação para tomada de decisão

Resultado da pesquisa por: ""

7 passos para lidar com um funcionário desestimulado

Por Juliana Gaidargi em 22/10/2020 em Gestão de Equipes

Às vezes, um ótimo funcionário começa a agir de maneira diferente. Ele provavelmente está desestimulado. Veja como você deve proceder.

Esse é um dos maiores pesadelos da administração. Um de seus melhores funcionários de repente esfriou. A pessoa que fez mais do que sua parte e teve grandes ideias. Que ajudou os outros com entusiasmo e levantou o ânimo da equipe. Do nada, essa pessoa parece desinteressada até mesmo do seu próprio trabalho. 

funcionario desestimuladoEle costumava ser o primeiro a chegar e o último a sair. Contudo, ultimamente têm chegado tarde. No passado, eles raramente ligavam para avisar que estavam doentes. No entanto, isso virou prática regular. A pior parte? Ele não está mais fazendo sua parte no trabalho. Está claramente desestimulado. Como gerente, você precisa fazer alguma coisa.

Existem passos que você pode seguir para descobrir o que está acontecendo. E, com sorte, pode colocar o funcionário desestimulado de volta nos trilhos:

1- Não deixe passar batido

A pior coisa a fazer é esperar que o funcionário desestimulado apareça e o problema se resolva sozinho. Afinal, se houver um problema, ele vai piorar. E, consequentemente, suas ações afetarão os outros. Ou seja, não apenas a moral será afetada. Mas também sua credibilidade como gerente. Especialmente se outros funcionários virem um problema óbvio sobre o qual você não está disposto a agir.

“Essas são pessoas de alto desempenho. Você deve a eles e à organização ser direto e ajudar a erguê-los. Eles eram ótimos antes. Dê a eles a chance de serem ótimos novamente.” – Brad Deutser, presidente do Deutser Clarity Institute.

2 – Evite fazer pressão sobre a causa 

Pode haver muitos motivos pelos quais um funcionário fica desestimulado. Contudo, em alguns casos, essa mudança pode não ter nada a ver com seu trabalho. Talvez eles tenham encontrado uma nova paixão ou propósito na vida. Portanto, podem ter perdido o interesse no trabalho que consideraram desafiador e significativo no passado. Pode haver algo acontecendo em suas vidas pessoais que não sabemos nada. Então, ter isso em mente o ajudará a começar uma conversa com ele com uma mente aberta.

3 – Escolha uma hora e local para conversar

Pense cuidadosamente em como você quer que essa conversa aconteça. Em seguida, tente garantir que você está se preparando para o sucesso. Portanto, chamá-lo ao seu escritório pode ser intimidador. Principalmente se a ideia é ter uma conversa aberta e autêntica. Ou seja, encontre um lugar que seja mais confortável para ele. Cuidado para não escolher um momento com prazos iminentes. Ou mesmo trabalho que exija um alto nível de foco. Assim, ambos poderão se concentrar na discussão em questão.

4 – Seja firme, porém sensível

Ter um alto grau de inteligência emocional é muito importante para o gerente. Comece a conversa com uma nota positiva. Pode ser falando sobre o desempenho anterior da pessoa. Dessa forma,  agradeça-lhe por ir além em seu papel. Contudo, só faça isso se puder ser sincero. Afinal, se o funcionário desestimulado sentir falsidade, a chance de ter uma conversa aberta estará arruinada.  

“Seja grato por suas contribuições e trabalho. Assim, pode vincular sua conversa aos valores e comportamentos de sua empresa, tal como seu desempenho dentro dessas expectativas. Afinal, isso tira a pressão deles e remove a sensação de estar sendo atacado pessoalmente.” – Deutser

Portanto, fale só o que você observou diretamente. Ou seja, nunca faça interpretações ou suposições sobre o que causou sua mudança de comportamento. Deixe isso com eles. Nesta conversa crítica, é imperativo usar perguntas e comentários abertos.

5 – Pratique a escuta ativa com o funcionário desestimulado

Nesse ponto, lembre-se de que você está tentando descobrir o que está acontecendo. Portanto,  deve ouvir o funcionário desestimulado ativamente. Para ter certeza de que você ouviu corretamente, repita para a pessoa o que você a ouviu dizer. Então, peça que esclareça coisas sobre as quais você não tem certeza. Aguarde alguns segundos antes de responder para que saibam que você está levando a sério o que eles disseram. Essa pausa de alguns segundos também dá a eles a oportunidade de mais autorreflexão. Ou seja, aumenta a chance de compartilhar mais informações com você.

6 – Sair da empresa é a melhor opção? Então faça disso uma situação ganha-ganha

Pode ser que os interesses ou planos futuros dele não estejam mais alinhados com os da organização. Portanto, agradeça-lhes por suas contribuições, deseje-lhes o melhor e dê-lhes sua bênção para o futuro. Ou seja, faça o possível para tornar a sua partida uma experiência agradável. Afinal, assim deixará uma boa impressão de sua empresa. Não só para o funcionário desestimulado. Mas também para o pessoal que está deixando para trás.

7 – O problema pode ser tratado internamente? Então, planejem juntos.

Se o problema estiver em suas vidas pessoais, pergunte o que precisam da organização. Tem a ver com o local de trabalho? Então pergunte o que ele acha que precisa para mudar as coisas. No entanto, certifique-se de não fazer ofertas ou promessas. Especialmente as que não puder cumprir de forma realista. Contudo, suas ambições ou desejos podem estar fora do que é possível em seu local de trabalho atual. Portanto, a melhor coisa a fazer é ser honesto e apoiá-los para seguir em frente. Sempre com suas bênçãos.

Fonte:

FastCompany

Já vai?

Receba conteúdos exclusivos e gratuitos direto no seu e-mail, para ler sem pressa ;)

FALE
COM UM
ESPECIALISTA

Receba Gratuitamente

Fique tranquilo, não compartilhamos suas informações.

FALE
COM UM
ESPECIALISTA

Receba Gratuitamente

Fique tranquilo, não compartilhamos suas informações.

Receba Gratuitamente

Fique tranquilo, não compartilhamos suas informações.

Receba Gratuitamente

Fique tranquilo, não compartilhamos suas informações.

Receba Gratuitamente

Fique tranquilo, não compartilhamos suas informações.

Receba Gratuitamente

Fique tranquilo, não compartilhamos suas informações.

Receba Gratuitamente

Fique tranquilo, não compartilhamos suas informações.

Receba Gratuitamente

Fique tranquilo, não compartilhamos suas informações.

Receba Gratuitamente

Fique tranquilo, não compartilhamos suas informações.

Receba Gratuitamente

Fique tranquilo, não compartilhamos suas informações.

Receba Gratuitamente

Fique tranquilo, não compartilhamos suas informações.

Receba Gratuitamente

Fique tranquilo, não compartilhamos suas informações.

Acesse informação exclusiva para nossos clientes e esteja informado. Conheça as técnicas, ferramentas e estatísticas do mercado, de graça, e no seu email.
É só preencher o formulário para acessar.

Receba Gratuitamente

Passo 2
0%

Receba Gratuitamente

Fique tranquilo, não compartilhamos suas informações.