Blog Infonova

Informação para tomada de decisão

Resultado da pesquisa por: ""

Ferramentas de monitoramento de desempenho para nuvem híbrida

Por Juliana Gaidargi em 24/01/2022 em Cloud

As ferramentas de monitoramento do desempenho da rede tornaram-se mais complexas. O motivo é que agora as empresas têm mais cargas de trabalho na nuvem e, portanto, as equipes de rede estão descobrindo que a visibilidade da nuvem não está a par com o que eles têm em seus recursos locais.

Ferramentas de monitoramento de desempenho para nuvem híbrida

Ou seja, a migração para a nuvem introduziu uma infraestrutura que não é de propriedade da organização. Em contrapartida, o aumento no trabalho remoto devido à pandemia está acelerando a mudança para a nuvem e a necessidade de acessos em ambientes externos. Não obstante, os aplicativos baseados em contêiner implantados em arquiteturas nativas da nuvem complicam ainda mais a visibilidade da rede. Por essas e outras razões, as empresas precisam de ferramentas que possam monitorar não apenas o data center e a WAN. Mas também a internet, os aplicativos SaaS e as operações de nuvem pública de vários provedores.

“Apenas 36% dos profissionais de operações de rede acreditam que suas ferramentas de gerenciamento de rede são tão boas no gerenciamento de redes em nuvem quanto no gerenciamento de redes locais” – Shamus McGillicuddy, vice-presidente de pesquisa da Enterprise Management Associates (EMA). “Contudo, ao mesmo tempo, a empresa média pode atribuir cerca de 40% de seu tráfego de rede à nuvem neste momento. Então isso é uma grande desvantagem.”

Lacunas de visibilidade

No entanto, como essas lacunas de visibilidade surgiram? Simples! As equipes de rede costumavam ficar de lado quando as empresas começaram a implantar cargas de trabalho na nuvem.

“Um dos problemas é que a equipe de infraestrutura de rede nem sempre tem a mesma autoridade sobre o ambiente de nuvem que tem sobre a rede local. Muitas vezes, a adoção da nuvem era liderada por uma equipe de aplicativos ou uma linha de negócios, e eles viam a nuvem como uma alternativa à TI, não necessariamente uma extensão dela. Consequentemente, as equipes que têm mais autoridade na nuvem nem sempre acham importante ter monitoramento de desempenho na rede. Afinal, eles estão mais interessados ​​no monitoramento de desempenho de aplicativos. Então, eles não veem sentido em dedicar seu orçamento a coisas que consideram como monitoramento de infraestrutura do velho mundo” – diz McGillicuddy.

Portanto, a forma como as empresas veem o papel dos engenheiros de rede na nuvem faz toda a diferença, segundo Dan Rohan, gerente de produto da Kentik, fornecedora de visibilidade de rede e gerenciamento de desempenho.

“Quando começamos a falar sobre o monitoramento da nuvem há dois ou três anos, acho que muitos engenheiros de rede não se importavam”, diz Rohan. Contudo, à medida que as implantações de nuvem começaram a amadurecer, as empresas analisaram com atenção os custos, o desempenho e os controles da nuvem. Então, elas perceberam que precisavam colocar alguma estrutura de volta no lugar “e, de repente, os engenheiros de rede tiveram um papel a desempenhar novamente.”

O que as ferramentas atuais de monitoramento de desempenho de rede podem fazer

As redes típicas de fornecedores de nuvem são incrivelmente complexas. “Não é incomum hoje ter 15 saltos entre você e o provedor de nuvem em seu ISP, talvez uma operadora local e talvez uma operadora de nível 1. E então você passará por outros 30 saltos dentro do provedor de nuvem”, diz Matt Stevens, presidente e CEO da AppNeta. “Assim, os dias de 10 a 20 saltos no total agora explodiram para 40 ou 50 saltos de rede da camada 3. Ou seja, cada um faz sua própria coisa para o seu desempenho.”

Entretanto, à medida que a complexidade da rede aumenta, aumenta também o potencial de problemas.

“Quando você tem vários funcionários executando vários aplicativos e esses aplicativos são hospedados de várias fontes, seja seu data center privado, um data center virtual que sua organização está tentando executar como uma nuvem, uma nuvem totalmente pública ou algo em entre — a própria definição de TI híbrida — toda vez que você adiciona mais uma variável, a complexidade aumenta [exponencialmente]” – Stevens.

Portanto, as equipes de rede estão recorrendo a fornecedores para obter ajuda. De acordo com a EMA, 57% das equipes de rede adquiriram ferramentas especializadas para fechar lacunas na visibilidade da rede em nuvem. Então, a empresa de pesquisa espera que as ferramentas de monitoramento de desempenho de rede forneçam monitoramento de nuvem por meio de alguma combinação de:

  • Coleta de métricas de elementos de rede virtual implantados na nuvem;
  • Coletando logs de fluxo e outras telemetrias oferecidas por provedores de nuvem;
  • Coleta de dados de tráfego de rede na nuvem, como fluxos de pacotes;
  • Análise de tráfego sintético direcionado a serviços SaaS.
Ferramentas tradicionais de monitoramento de desempenho de rede

As ferramentas tradicionais de monitoramento de desempenho de rede foram projetadas para monitorar a integridade de roteadores e switches em um data center ou rede local. No entanto, a nuvem apresenta desafios diferentes, diz Rohan.

“Os engenheiros de rede não têm uma imagem da [infraestrutura de nuvem] na cabeça porque está crescendo rapidamente, não foi construída por eles e está mudando o tempo todo. Afinal, é a nuvem. Então eles estão começando já com esse tipo de deficiência”, diz ele.

Então, eles precisam de ferramentas diferentes para resolver os problemas que surgem. Por exemplo, uma equipe de aplicativos que não consegue fazer com que seu novo aplicativo de nuvem converse com um banco de dados local ou se integre a outro aplicativo de nuvem.

“As equipes de rede recorreriam a essas ferramentas que estavam apenas extraindo dados da API da AWS ou de qualquer uma das APIs do provedor de nuvem. Contudo, isso não me diz sobre falhas de conectividade. Não me diz por que as coisas não estão funcionando. E então começamos lá”, diz Rohan. “Acreditamos que o que realmente ajuda as pessoas da rede na nuvem hoje é ajudar a responder a essas questões de conectividade em topologias complexas.”

Métricas de rede para visibilidade na nuvem

Os dados de telemetria que podem revelar o estado das redes de nuvem híbrida vêm de todos os tipos de redes. Ou seja, de data center, WAN, internet, nuvem, móvel e borda. Contudo, também vem de todos os tipos de elementos de rede, incluindo dispositivos físicos e virtuais e dedicados ou em nuvem, como os dispositivos nativos.

Os dados são extraídos de componentes de:

  • Data center;
  • Infraestrutura de nuvem (como malhas de serviço, gateways de trânsito e entrada);
  • Infraestrutura de internet;
  • Dispositivos de campus;
  • Roteadores e switches WAN tradicionais;
  • Gateways SD-WAN e endpoints IoT, para citar alguns. 

Já os tipos de telemetria podem incluir:

  • Dados de fluxo exportados de dispositivos de rede (padrões de coleta de fluxo como NetFlow, J-Flow, sFlow, IPFIX do IETF);
  • Logs de fluxo de nuvem privada virtual dos provedores de nuvem; 
  • Telemetria de dispositivo baseada em SNMP; 
  • Notificações de eventos enviadas via syslog ou trap SNMP.
Monitoramento ativo

Juntamente com dados de monitoramento passivo, como fluxos e pacotes de rede, as equipes de rede estão cada vez mais recorrendo a técnicas de monitoramento ativo. É o caso do teste de ping básico e monitoramento sintético de camada 7, para aumentar as métricas tradicionais de infraestrutura e monitoramento de tráfego, de acordo com a EMA. A empresa de pesquisa descobriu que 21% das equipes de rede estão usando ferramentas de tráfego sintético para disponibilidade de rede sustentada e monitoramento de desempenho.

Então, não é que as empresas não tenham monitorado essas redes e dispositivos antes; ao invés disso, o objetivo é fornecer monitoramento coordenado em uma variedade de redes, uma visão unificada dos resultados e a capacidade de integrar descobertas analíticas com fluxos de trabalho automatizados. Portanto, as ferramentas vão além do monitoramento de desempenho da infraestrutura central. Ou seja, vai além para fornecer mais visualizações no nível do aplicativo e insights sobre o desempenho do aplicativo que os usuários finais estão experimentando.

Quem está vendendo ferramentas de monitoramento de desempenho de rede?

O cenário de produtos para monitoramento de desempenho de rede está lotado. Os fornecedores incluem:

  • Accedian;
  • AppNeta;
  • Cisco-ThousandEyes;
  • cPacket Networks;
  • Kentik;
  • LogicMonitor;
  • ManageEngine;
  • Riverbed;
  • SolarWinds. 

No entanto, não há um fornecedor que cubra todas as bases. Além disso, muitas das ferramentas são complementares e não competitivas. Afinal, uma organização de TI típica usa entre quatro e 10 ferramentas para monitorar e solucionar problemas de sua rede, segundo a EMA.

Inclusive, a empresa de pesquisa Gartner, em seu Guia de mercado para monitoramento de desempenho de rede, diz que as ferramentas ideais para ambientes locais se tornam menos eficazes à medida que as organizações se tornam cada vez mais híbridas. é verdade que alguns fornecedores podem fornecer visibilidade em ambientes locais e na nuvem. Contudo, isso é um desafio devido aos requisitos de transporte de dados e redes diferentes, que nem sempre podem ser vistas pelas mesmas lentes.

Portanto, entre suas recomendações para empresas que buscam ferramentas de monitoramento de desempenho de rede, o Gartner recomenda o seguinte:

“Resistam ao desejo de usar a mesma abordagem de monitoramento na nuvem que seu ambiente local. Especialmente quando se trata de captura e análise de pacotes. Ou seja, concentre-se em fornecedores que ofereçam suporte para funções nativas da nuvem, como APIs ou dados de fluxo de rede reais.”

Adicionando IA à solução de problemas de rede

Não faltam dados de telemetria para analisar. Portanto, o que distingue as ferramentas modernas de monitoramento de rede é sua capacidade de medir o desempenho. E, então, colocar as descobertas em um contexto que responda às perguntas que as equipes de rede estão fazendo.

“Esta mudança para a nuvem híbrida, não se trata realmente de ‘está funcionando ou não está funcionando? Está em alta ou em baixo?’ É a ideia de que ‘lento’ é o novo ‘baixo'”, diz Stevens, da AppNeta. Ou seja, os usuários não estão ligando para dizer que não podem se conectar ao Salesforce, por exemplo. Eles estão reclamando que um script no Salesforce está lento e afetando sua capacidade de fazer seu trabalho, diz ele.

“Independentemente da arquitetura que está sendo implantada, daremos ao negócio a visibilidade para entender: ‘Aqui está o desempenho de que preciso. Aqui está o desempenho que estou obtendo. Essa lacuna é tão grande que preciso agir ou posso deixá-la de lado e trabalhar em outro problema?’”, diz ele.

O papel da Inteligência Artificial

É aí que entra a inteligência artificial. Afinal, as ferramentas suportam cada vez mais diagnósticos baseados em IA. Estes, por sua vez, são projetados para encontrar padrões nos dados da rede e tirar conclusões deles com base na detecção histórica de anomalias e na análise da causa raiz.

“Então, não dizemos apenas que há um problema, dizemos onde ele está. Nós dizemos a você por que é, damos uma sugestão de remediação e também lhe damos uma pontuação de confiança”. E esta  quantifica a probabilidade de que a remediação proposta funcione, diz Stevens.

Portanto, ter ferramentas que podem dar às equipes de rede a confiança para entender os problemas e priorizar a correção dá credibilidade à TI. Especialmente em um momento em que as empresas estão realizando grandes projetos de transformação de negócios.

“São grandes projetos que tocam muitas pessoas, e a TI está sendo convidada a ser uma parceira de negócios” – Stevens

AppNeta

Scott Bulger é engenheiro de rede de sistemas sênior e passou mais de 30 anos de sua carreira trabalhando com fornecedores de rede e redes corporativas de TI. Contudo, passou os últimos três anos trabalhando com a tecnologia da AppNeta em duas grandes empresas.

“A visibilidade na infraestrutura de nuvem é mínima. Portanto, a capacidade de rastrear perda de pacote de ponta a ponta, jitter e latência, na nuvem do provedor de serviços e vice-versa, oferece a você autonomia e validade para dizer ao provedor de nuvem: ‘ temos perda de pacotes.’ Então, você tem provas concretas e substanciais, e isso é irrefutável”, diz Bulger.

Ou seja, para Bulger, a métrica com a qual ele está mais preocupado é a perda de pacotes. Embora as redes baseadas em TCP/IP tenham sido projetadas para acomodar perdas, “há um ponto – acima de 4% ou 5%, dependendo da sua topologia – em que a perda começa a se tornar perceptível e impactante para os usuários finais. Portanto, alguma perda é aceitável, mas uma perda significativa, ou perda por longos períodos de tempo, é impactante”, diz ele.

Portanto, no quadro geral, as ferramentas de visibilidade de rede podem não apenas ajudar a identificar problemas. Na verdade, elas também podem ajudar a evitar problemas de desempenho por completo. “Essas plataformas dão visibilidade aos problemas antes que eles afetem seu cliente”, diz Bulger.

Uma transição difícil

No entanto, passar de uma postura reativa para proativa não é fácil. 

“Se o seu modelo de DevOps ou help-desk está saturado, suportando problemas imediatos, você não tem muita largura de banda para as pessoas dizendo: ‘aqui está algo que está um pouco quebrado, mas pode estar muito quebrado se não fizermos algo sobre isso’”, diz Bulger.

“Precisamos de uma cultura que priorize a correção proativa”, diz ele. “Os gerentes que o obtêm estão completamente a bordo e nunca hesitam em financiá-lo.”

Para assegurar essa correção proativa é importante contar com o apoio de uma empresa de TI terceirizada com experiência para encontrar oportunidades de melhoria em sua operação.

Sobre a Infonova

A Infonova já atendeu mais de 135 clientes dos mais diversos segmentos, desde corporate, governo, PME até indústria do entretenimento e saúde. Você pode conferir a lista completa de clientes satisfeitos da Infonova aqui.

A Infonova usa uma metodologia consolidada. Portanto, essa empresa de TI conta com depoimentos da maioria de seus clientes garantindo a qualidade do atendimento.

Em relação à confiança, a Infonova comprova sua transparência e seriedade logo no início do nosso contrato. Afinal, é quando realiza uma visita inicial de manutenção intensiva em todos os computadores da sua empresa e também servidores.

Inclusive, se você pedir, a Infonova oferece um mapeamento de todo seu ambiente de TI.  Afinal, seu interesse é conhecer toda sua infraestrutura e, de cara, resolver todas as suas dores.

Resumindo, a Infonova faz um diagnóstico para identificar como está a sua TI. Então, avalia o que está bom, resolvemos o que está ruim e cria um projeto para o que é possível melhorar. Tudo isso sem custo. Ou seja, a Infonova conta com as melhores condições custo-benefício do mercado. Especialmente em relação a automação da infraestrutura em nuvem e outras inovações.

Perfil Infonova

A expertise da Infonova permite fornecer atendimento técnico local com escalas flexíveis definidas pelo cliente. Estas incluem:

  • Atendimento por demanda;
  • Disponibilização de equipes com 1 técnico local e retaguarda especializada; 
  • Equipes completas com até 200 profissionais qualificados para assumir parte ou toda a operação de TI.
Colaboradores

O trabalho executado pela equipe da Infonova é primoroso. Afinal, essa empresa de TI se preocupa com seus funcionários. Ou seja, a Infonova oferece participação nos lucros aos seus colaboradores a fim de mantê-los sempre motivados. Além disso, a contratação dos analistas é CLT Full, o que reduz o turnover e aumenta a confiança. 

Soluções

A Infonova tem soluções voltadas para PMEs, Governo e Corporate. Contudo, todas essas soluções compreendem modelos flexíveis com início rápido e transição sem dor.

Para saber mais sobre os serviços da Infonova e sinais de alerta sobre seu treinamento de TI, entre em contato pelo (11) 2246-2875 ou clique aqui.

Se quer saber mais sobre o que nossos clientes têm a dizer sobre nossos serviços, baixe gratuitamente nossos cases exclusivos.

FALE
COM UM
ESPECIALISTA

Já vai?

Receba conteúdos exclusivos e gratuitos direto no seu e-mail, para ler sem pressa ;)

Receba Gratuitamente

Fique tranquilo, não compartilhamos suas informações.

Receba Gratuitamente

Fique tranquilo, não compartilhamos suas informações.

Receba Gratuitamente

Fique tranquilo, não compartilhamos suas informações.

Receba Gratuitamente

Fique tranquilo, não compartilhamos suas informações.

Receba Gratuitamente

Fique tranquilo, não compartilhamos suas informações.

Receba Gratuitamente

Fique tranquilo, não compartilhamos suas informações.

Receba Gratuitamente

Fique tranquilo, não compartilhamos suas informações.

Receba Gratuitamente

Fique tranquilo, não compartilhamos suas informações.

Receba Gratuitamente

Fique tranquilo, não compartilhamos suas informações.

Receba Gratuitamente

Fique tranquilo, não compartilhamos suas informações.

Receba Gratuitamente

Fique tranquilo, não compartilhamos suas informações.

Receba Gratuitamente

Fique tranquilo, não compartilhamos suas informações.

Receba Gratuitamente

Fique tranquilo, não compartilhamos suas informações.

FALE
COM UM
ESPECIALISTA