Blog Infonova

Informação para tomada de decisão

Resultado da pesquisa por: ""

O que você precisa saber sobre backup em nuvem

Por Juliana Gaidargi em 3/09/2019 em Cloud

Na última década, as opções de backup em nuvem, recuperação e restauração surgiram como um método seguro, econômico e confiável de salvaguardar as quantidades crescentes de informações corporativas geradas diariamente. Contudo, mudar para um sistema de backup em nuvem é uma decisão significativa. Ou seja, requer uma compreensão clara de como essa solução será integrada ao seu negócio. 

backup em nuvemConfira, a seguir, as perguntas mais comuns que as empresas têm sobre o backup em nuvem. Dessa forma, você poderá determinar qual papel uma solução de backup em nuvem e recuperação terá no seu negócio.

Explorando a nuvem

O que significa nuvem pública, privada e híbrida?

Ebook Maior Estudo de Cloud no Brasil

A distinção entre vários modelos de nuvem ajuda a determinar melhor o sistema de backup em nuvem que sua organização requer. 

backup em nuvem

O tipo de implantação em nuvem que você está considerando pode afetar toda a sua solução de backup e recuperação. Com uma nuvem pública, seu backup deve otimizar a captura e o armazenamento de dados. Tudo para ajudar a reduzir as demandas de largura de banda na rede corporativa. Afinal, uma solução de backup em nuvem pública normalmente requer os serviços de um provedor capaz de fornecer a infraestrutura e o software de backup e recuperação necessário. Isso, além dos recursos operacionais, habilidades e especialidades.

Contudo, com uma nuvem privada ou híbrida, você pode precisar de um provedor de backup em nuvem para fornecer à sua empresa a plataforma de software necessária para gerenciar backups em seu ambiente privado. No caso de uma nuvem híbrida, sua empresa terá a opção de alternar entre um data center privado e uma opção de backup em nuvem, dependendo das suas necessidades de armazenamento.

Etapas para implementar uma solução de backup em nuvem e recuperação

Cada implementação de backup em nuvem é única. Afinal, ela leva em consideração as necessidades específicas de proteção de dados da organização. Isso pode incluir escritórios remotos, laptops e dispositivos móveis.
Entretanto, quaisquer complicações envolvidas na mudança para um serviço de backup em nuvem terceirizado pode ser atenuada. Basta selecionar o provedor de serviços de backup em nuvem certo. Ou seja, que forneça uma solução independente de hardware e software permitindo que você aproveite sua infraestrutura existente. Ou seja, ao optar pelo provedor de serviços certo, você terá a garantia de uma implementação com suporte contínuo.

Ao terceirizar processos de backup para uma nuvem de boa qualidade, pode-se reutilizar recursos de TI existentes para iniciativas de geração de receita mais estratégicas. Portanto, seu provedor de serviços de backup em nuvem poderá guiá-lo através do processo de implementação e fornecer serviços dedicados. Isso, além do suporte para ajudá-lo a calibrar e otimizar sua solução de backup. Ou seja, uma vez que seu backup em nuvem privada e solução de recuperação estejam implementados, será necessário o mínimo de manutenção, em relação a um backup local.  

Ebook Melhores Práticas em Gestão de TI

Contudo, devido à função central que os dados desempenham na organização, é essencial que o provedor de serviços de backup em nuvem tenha experiência em fornecer uma solução confiável. Afinal, uma implementação completamente testada fornecerá à sua empresa um recurso que ão falhará quando necessário.

backup em nuvem

Recuperação de dados com um modelo de nuvem

Existem dois fatores principais para entender a recuperação de dados:

Checklist Nível de Excelência em TI

  1. Objetivos de Recuperação de Tempo (RTO – Recovery Time Objectives);
  2. Objetivos de Ponto de Recuperação (RPO – Recovery Point Objectives).

O RTO refere-se à rapidez com que sua empresa precisa ser capaz de recuperar dados. Ele pode ser medido em horas ou dias. Já o RPO refere-se à quantidade de dados que sua empresa pode perder em algumas horas. Por exemplo, uma empresa da Fortune 500 pode requerer um RTO de cinco horas e um RPO de uma hora para alguns tipos de dados. Portanto, o RPO e o RTO podem variar de acordo com o tipo de dados.

Toda empresa precisa determinar um RTO e RPO com base em seus próprios cálculos de tolerância a riscos e continuidade de negócios. Dessa forma, é importante tomar uma decisão difícil: observar o tipo de dados que a empresa coleta e usa de hora em hora, diariamente ou semanalmente. Contudo, muitas empresas não conseguem perceber como é importante uma recuperação rápida. Principalmente para alcançar os objetivos de negócios. Pelo menos, não até que sofram uma séria perda de dados.

O impacto de um evento de perda de dados pode ser significativo. Uma operação de varejo, por exemplo, está constantemente coletando dados. Afinal, assim pode executar análises relacionadas a estratégias de preços, inventário, oferta e períodos de pico de demanda. Esses dados em tempo real são essenciais para o negócio permanecer competitivo. 

Entendendo a segurança do backup em nuvem

Como posso garantir que meus requisitos de disponibilidade estão sendo atendido quando os dados da minha empresa estão sendo armazenados offsite em uma nuvem?

É importante lembrar que sua empresa continuará assumindo a responsabilidade pela segurança dos dados. Isso, mesmo ao transferir a responsabilidade de backup para um serviço de backup em nuvem. Na verdade, você deve esperar que seu provedor de serviços ajude-o a manter uma cópia local dos seus backups mais recentes. Isso é bastante útil caso você seja desconectado da nuvem.  

O provedor de serviços também precisará demonstrar que possui vários data centers. Afinal, somente assim poderá garantir que seus dados sejam protegidos por uma quantidade adequada de redundância de infraestrutura. Esses data centers também devem ser geograficamente diversos. Dessa forma, poderão aumentar a confiabilidade em caso de desastre natural ou falta de energia.

Infográfico Modelos de Suporte Técnico Para Contratar

Juntamente com um Plano de Recuperação de Desastres, seu provedor de serviços também deve ser capaz de demonstrar um Plano de Continuidade de Negócios. Este precisa descrever como a provedora irá lidar com uma variedade de contingências.

A segurança na transferência de dados para um sistema de backup em nuvem 

Após selecionar os arquivos, sua plataforma de software de backup em nuvem “desduplica” e compacta dados para reduzir o tempo de transferência. Em seguida, os dados são criptografados no seu site:

  • Antes da transmissão;
  • Durante a transmissão ao seu provedor de serviços de backup em nuvem, onde permanece criptografado.

Ou seja, a única chave para descriptografia reside em você. Isso garante que a solução de backup e recuperação externa seja tão segura quanto um backup e recuperação de dados no local.

Como os dados da sua empresa serão transferidos pela internet, o padrão de criptografia usado por um provedor de serviços é de fundamental importância. Ou seja, seu provedor de serviços deve estar usando o Advanced Encryption Standard (AES), juntamente com a certificação FIPS 140-2, que fornece validação de terceiros do National Institute of Standards and Technology (NIST). O FIPS 140-2  é o nível mais alto de certificação confiável de terceiros disponível. Ele ainda indica que a criptografia foi implementada corretamente de uma maneira que não pode ser desfeita.

Ebook Como Vender TI para Diretoria

Como garantir um serviço de backup em nuvem confiável?

Sua empresa deve realizar a devida diligência para garantir que o provedor de serviços de backup em nuvem atenderá às suas necessidades comerciais. As perguntas básicas incluem:

Há quanto tempo o provedor de serviços está nos negócios?

Ele fornece serviços de backup para empresas semelhantes à sua em termos de mercado vertical, tamanho e escopo?

Ebook Cases de Sucesso de Clientes

Dependendo dos seus requisitos de conformidade, o seu provedor de serviços de backup em nuvem deve estar familiarizado com terminologia e padrões do setor que afetam seus negócios.

Um dos métodos mais comuns de garantir que suas expectativas sejam atendidas é através de um forte acordo de nível de serviço (SLA). Afinal, este documento descreverá os níveis operacionais desejados e as consequências do seu não cumprimento. 

SLA

Seu SLA também deve fornecer a garantia de que o provedor de backup em nuvem é um parceiro de negócios confiável. Ou seja, com certificações que permitem manter os requisitos de conformidade.

Juntamente com um SLA, o provedor de serviços escolhido deve fornecer subsídios para um contrato de rescisão. Afinal, um provedor que o trava em um contrato de longo prazo tem menos motivação para oferecer altos níveis de suporte ao cliente. Especialmente se comparado a um fornecedor que precisa enfrentar renovações periódicas de serviço. Portanto, não fique preso a qualquer provedor de serviços de backup em nuvem. 

Flexibilidade

Além disso, seu provedor de backup em nuvem deve fornecer a flexibilidade de transitar de uma nuvem privada ou híbrida para uma implantação em nuvem pública. Afinal, suas necessidades de negócios mudam com o tempo. Não obstante, lembre-se de que o provedor de serviços é apenas o guardião dos seus dados. Ou seja, você é o proprietário e o responsável pelo controle dos seus dados. Portanto, o provedor de serviços é obrigado a fornecer acesso razoável aos seus dados com assistência para migrá-los para outro lugar, se necessário. Por exemplo, se você quiser mover seu dinheiro de um banco para outro, não há bloqueio e nenhuma penalidade. O mesmo deve se aplicar ao seu serviço de backup em nuvem.

Custo e operações contínuas do backup em nuvem

Qual nível de recursos de TI é necessário para configurar e manter uma solução de backup em nuvem? Para a maioria das empresas, uma solução de backup em nuvem e recuperação eliminará ou reduzirá significativamente os recursos de TI relacionados à tarefa mundana de backup. Portanto, permitirá que seus recursos sejam redistribuídos para projetos mais estratégicos. 

Trabalhando com um provedor de serviços de backup em nuvem confiável, a empresa pode aproveitar melhor a infraestrutura de rede existente enquanto transfere a responsabilidade de backup para um especialista externo. Isso pode ser ainda mais importante considerando os desafios que algumas empresas enfrentam na contratação de administradores de backup de TI experientes para soluções locais. Especialmente em cidades menores ou remotas. Dessa forma, ter um bom provedor de backup em nuvem permite que CIOs se concentrem em liderar transformações significativas de projetos. 

No entanto, é necessário garantir que o provedor de serviços de backup em nuvem esteja equipado para monitorar seus backups, identificar e corrigir qualquer problema. O preço do seu serviço de backup refletirá a quantidade de responsabilidade que você mantém versus seu provedor de serviço. Ou seja, ofertas de serviços de baixo custo podem significar que você terá pouco apoio e assistência técnica sênior mínima. Portanto, a carga contínua de monitoramento e gerenciamento dos backups permanecerão sendo um problema.

Como meus dados são armazenados na nuvem?

Nem todos os dados são criados de forma igual. Portanto, seu provedor de backup em nuvem deverá trabalhar com você para adotar uma abordagem abrangente. Dessa forma, será possível rever, avaliar e classificar seus dados para obter uma melhor compreensão das necessidades da sua empresa e do seu tempo de recuperação. 

Recuperação em camadas conhecidas,  como o Backup Lifecycle Management ou BLM, consistem na abordagem mais econômica para armazenar dados na nuvem. Portanto, seu provedor de backup em nuvem deve entender que as organizações não valorizam dados mais antigos da mesma forma que dados mais jovens e críticos. 

Operacionalmente, dados críticos requerem backups mais frequentes com um SLA melhor. Backups menos críticos são relegados a padrões de SLA mais baixos para economizar custos. Na maioria das empresas, mais de 50% dos dados são mais antigos, têm menos valor e custam menos para serem protegidos. Assim, seu provedor de serviços deve ajudá-lo a alinhar o valor dos seus dados com o custo para protegê-los.

Parece que uma taxa de assinatura mensal para backups em nuvem é equivalente à implementação de um sistema tradicional de backup em fita. Isso é verdade?

Comparar o custo de uma solução de backup em nuvem com um sistema de fita equivalente pode ser um cálculo complicado. O melhor caminho para abordar a questão é considerar o custo total de propriedade para ambos os sistemas.

Para determinar o custo total de um sistema de backup em fita, você precisará considerar:
  • Hardware;
  • Software;
  • Manutenção contínua para hardware e software;
  • Custos iniciais de configuração para configuração;
  • Tempo e recursos para gerenciar backup e restauração, incluindo exercícios de recuperação periódica;
  • Escalabilidade e custos futuros de infraestrutura adicional.
Para um serviço de backup baseado em nuvem, custos a serem considerados incluir:
  • Avaliação de recuperabilidade;
  • Implementação inicial;
  • Pay-per-use por capacidade.

Seu provedor de serviços de backup em nuvem deve ter acesso a uma calculadora de ROI. Assim, você poderá usá-la para determinar a economia de custos durante um período de vários anos de uma solução de backup e recuperação em nuvem em comparação com um sistema no local. Muitas empresas vão descobrir que o custo total de propriedade de um backup em nuvem e sistema de recuperação é significativamente menor.

Juntamente com o custo total de propriedade, existem outras vantagens financeiras associadas a um serviço de backup em nuvem:
  • Menores custos operacionais e administrativos para backups automatizados;
  • Escalabilidade integrada que facilita a evolução com novas necessidades de negócios;
  • Software de backup em nuvem que verifica a integridade dos seus dados ou problemas de corrupção e alerta sua empresa imediatamente, evitando problemas caros com antecedência;
  • Implantação de recursos de TI em inovações mais estratégicas que possibilitam maiores vantagens competitivas;
  • Exercícios simples de recuperação para tranqüilidade.

Por que optar pelo backup em nuvem?

Essas respostas devem fornecer uma imagem melhor do processo de mudança para um backup, recuperação e restauração na nuvem. Dada a confiabilidade, acessibilidade, segurança e capacidade de gerenciamento associada ao backup em nuvem, muitas empresas encontram-se em franca migração para essa plataforma. Os motivos incluem:

  • Capacidade de alavancar a infraestrutura existente. Uma solução de backup em nuvem e recuperação não requer compra ou instalação de equipamentos caros. Afinal, tira proveito da rede corporativa existente;
  • Defina e esqueça. Depois de selecionar uma programação de backup, os dados da empresa são salvos automaticamente;
  • Falhas no backup em fita. Os backups em fita geralmente são caros, vulneráveis à obsolescência e podem ser perdidos ou roubados ao serem transportados para fora do local;
  • Objetivos de tempo de recuperação aprimorados. Usando um serviço de backup gerenciado, a velocidade e a confiabilidade de sua recuperação e restauração será governada pelo seu SLA;
  • Uso mais inteligente dos recursos de TI. Um backup e recuperação na nuvem permitirá que sua empresa redirecione os recursos de TI para desafios mais prementes da organização.

Pontos de atenção

É esperado que, nos próximos dois anos, os provedores de nuvem sejam sistematicamente sabotados por invasores. O objetivo é interromper a infraestrutura nacional crítica (CNI) ou manter as cadeias de suprimento paralisadas. 

Organizações com um modelo de supply chain just-in-time serão particularmente vulneráveis ​​a interrupções de serviço. Afinal, terão dificuldades para saber quando os serviços serão restaurados à medida em que os provedores de nuvem se esforçam para priorizar a recuperação dos clientes.

Por quê?

De acordo com o Gartner, o mercado de serviços em nuvem deverá crescer de US $ 221 bilhões em 2019 para US $ 303 bilhões até 2021. Os cinco maiores provedores de nuvem respondem por 66% do mercado global de nuvem, com uma consolidação do mercado ainda maior. Isso origina um alvo atraente para grupos criminosos organizados que buscam roubar dados. Portanto, esses provedores de backup em nuvem representarão um risco significativo para as empresas que dependem operacionalmente deles ou tenham parceiros de supply chain com dependências semelhantes.

Como você pode se precaver?

As organizações devem priorizar as atividades de preparação e planejamento para garantir a resiliência futura. A adoção de um sistema de multicloud também pode ajudar, embora tenha seus próprios pontos de atenção. 

backup em nuvem

Benefícios da Multicloud

  • Evitar o aprisionamento do fornecedor. Muitas organizações optam por várias nuvens. O intuito é evitar vínculos a um único provedor de backup em nuvem;
  • Personalização da nuvem para os requisitos de negócios. Isso é prático quando vários aplicativos exigem funcionalidades distintas. Afinal, uma solução com várias nuvens pode permitir a manutenção de funcionalidades e processos existentes. Isso, ao invés de se adaptar aos recursos do seu provedor de backup em nuvem;
  • Mitigação de riscos de possíveis interrupções. Quando se está em várias nuvens, a queda de qualquer plataforma prejudica muito menos a empresa.

Desvantagens da Multicloud

  • Em um ambiente com várias nuvens, a equipe de TI precisará aprender a usar várias nuvens. Ou seja, demandará mais tempo de treinamento e terá menos tempo para trabalhar;
  • Em uma configuração com várias nuvens, será necessário pagar a terceiros pelo software de segurança e outros produtos. Estes poderiam ser conseguidos gratuitamente através de um provedor de backup em nuvem centralizado;
  • Em várias nuvens, você perderá alguns recursos que ficam disponíveis somente quando a empresa tem um provedor único. Naturalmente, esses custos podem ser aceitáveis ​​dependendo do motivo estratégico para manter uma configuração com várias nuvens. 

Consulte um especialista

De qualquer forma, a infraestrutura de nuvem deve atender ao seu negócio, e não o contrário. Portanto, em caso de dúvida, fale com um consultor especializado em nuvem. A Infonova tem experiência nessa área específica e pode fazer recomendações com base em suas metas de negócios especificamente.