Por Marcos Bernardino em 18/09/2018 em Artigo

O modo de segurança no Windows 10 é uma maneira especial dele inicializar quando há um problema de sistema crítico que interfere com o seu funcionamento normal.

Assim, existem três opções diferentes do modo de segurança disponíveis:

Modo de segurança

O Modo de Segurança inicia o Windows com os drivers e serviços mínimos absolutos que podem ser iniciados no sistema operacional.

O Modo de Segurança serve para acessar o Windows quando não é possível iniciá-lo normalmente, mas não for necessário o acesso à Internet ou à rede local.

Modo de segurança com rede

O modo de segurança com rede inicia o Windows com o mesmo conjunto de drivers e serviços que o modo de segurança, mas também inclui os necessários para que os serviços de rede funcionem.

Esta opção do modo de segurança é usada com frequência quando o Windows não é iniciado e, além disso, é necessário acessar a Internet para baixar drivers, seguir um guia de solução de problemas e outros usos que precisam da rede.

Modo seguro com prompt de comando

Modo de segurança com prompt de comando é idêntico ao modo de segurança, exceto que o prompt de comando é carregado como a interface de usuário padrão em vez do Explorer.

O modo de segurança com prompt de comando pode ser usado quando se tentou o modo de segurança, mas a barra de tarefas, a tela Iniciar ou a área de trabalho não carregou corretamente.

Outros tipos de modo de segurança

O Modo Seguro é geralmente o termo para iniciar qualquer programa em um modo que usa configurações padrão, com o objetivo de diagnosticar o que pode estar causando problemas. Funciona muito parecido com o modo de segurança.

A ideia é que, quando o programa começar apenas com as configurações padrão, é mais provável que ele inicie sem problemas.

O que normalmente acontece é que, uma vez que o programa começa sem carregar configurações personalizadas, modificações, complementos, extensões, é possível habilitar os recursos um a um. Depois é possível continuar iniciando a aplicação para que se possa encontrar o problema.

Em dispositivos e aplicativos

Alguns smartphones também podem ser iniciados no modo de segurança. Deve-se verificar o manual do telefone, pois geralmente não é óbvio como se fazer. Para alguns se pressiona e se mantem pressionado o botão de menu enquanto o telefone é iniciado ou as teclas de aumentar e diminuir volume. Alguns telefones fazem com que se mantenha pressionada a opção de desligar.

Também é possível usar o Microsoft Outlook no modo de segurança. Assim, fazer isso desativa o Painel de Leitura, as extensões e algumas configurações personalizadas para que se possa solucionar o que está impedindo o Outlook de iniciar normalmente. O navegador da web Firefox é outro exemplo de um programa que pode ser iniciado no modo de segurança. O mesmo vale para o Chrome com seu modo de navegação anônima, e o modo “NoAdd-ons” do Internet Explorer, acessível com o comando Executar do iexplore -extoff .

No Windows – Mais Detalhadamente

Algumas vezes quando se instala um novo aplicativo de software ou adiciona drivers para algum novo hardware, o computador trava. Depois, computador é reiniciado e carrega uma área de trabalho estranha do Windows com as palavras Modo de segurança nos quatro cantos.

Existem várias coisas que acontecem quando o Windows inicializa no Modo de Segurança que diferem de uma inicialização padrão:

O modo de segurança não executa os arquivos autoexec.bat ou config.sys.

A maioria dos drivers de dispositivos não está carregada. Um driver de dispositivo é o software que o Windows usa para interagir com uma peça de hardware, como uma impressora ou um scanner.

Em vez do driver de dispositivo gráfico normal, o Modo de segurança usa o modo gráfico VGA padrão. Este modo é suportado por todas as placas de vídeo compatíveis com o Windows.

O Himem.sys, que normalmente é carregado como parte do script config.sys, é carregado com a opção / testmem: on. Essa opção informa ao computador para testar a memória estendida antes de continuar.

O modo de segurança verifica o arquivo msdos.sys para obter informações sobre onde encontrar o restante dos arquivos do Windows. Se encontrar os arquivos, ele continuará carregando o Windows no modo de segurança com o comando win / d: m. Se não encontrar os arquivos do Windows, ele será executado command.com para abrir um prompt C:.

O Windows inicializa usando um arquivo em lote chamado system.cb, em vez do arquivo system.ini padrão. Este arquivo carrega os drivers de dispositivo virtual (VxDs) que o Windows usa para se comunicar com as partes padrão do computador.

Então, o Windows agora carrega o arquivo system.ini regular, além das configurações win.ini e Registry. Ele ignora as seções [Boot] (exceto as linhas de shell e dispositivo) e [386Enh] do system.ini e não carrega ou executa nenhum programa listado no win.ini.
Finalmente, a área de trabalho do Windows carrega em 16 cores e em uma resolução de 640 x 480 com as palavras “Modo de segurança” em cada canto.

Como proceder

O modo de segurança é iniciado automaticamente se o Windows não inicializa na tentativa anterior. Além disso, também é possível invocar o modo de segurança pressionando F5 ou pressionando F8 ou selecionando-o no menu de inicialização.

Se o computador iniciar pelo modo de segurança, em primeiro lugar, deve-se tentar determinar o que mudou no sistema que poderia ter causado falha na inicialização. Se qualquer tipo de hardware foi adicionado, por meio do Painel de controle, é possível removê-lo e desinstalar o driver de software para esse dispositivo. Em seguida, tenta-se uma reinicialização. Se o Windows inicializar corretamente, é bem provável de que houve algum tipo de conflito com o dispositivo.

Usa-se este mesmo método se um novo aplicativo foi instalado recentemente. No o Painel de Controle, clica-se em Adicionar / Remover Programas e se remove o software.

Se o problema não é o novo hardware ou software, então é possível que haja um registro corrompido.

Como acessá-lo nas diferentes versões do Windows

Acessar o modo de segurança para o Windows requer o uso de um teclado em funcionamento.

Windows 10

  • Pressionar as teclas Windows + I para abrir Configurações.
  • Selecionar Atualização e Segurança e Recuperação, selecionar a opção Reiniciar agora em Inicialização avançada.
  • Aparecerá um menu com três opções. Selecionar a opção Solução de problemas.
  • Selecionar Opções avançadas, Configurações de inicialização e, em seguida, o botão Reiniciar.
  • Selecionar a opção de segurança apropriada pressionando o número correspondente no teclado.

Método alternativo:

  • Pressionar a tecla Windows e a tecla R juntas para acessar a opção Executar.
  • Digitar msconfig no campo Abrir.
  • Na janela Configuração do sistema, clicar na guia Inicialização.
  • No canto inferior esquerdo, na seção Opções de inicialização, marcar a caixa Inicialização segura.
  • Selecionar a opção Mínimo, depois Aplicar e depois o OK.
  • Reiniciar o computador e ele deverá ser inicializado no modo de segurança.

Usando a opção acima para acessar o Modo de segurança, é preciso seguir as mesmas etapas e desmarcar a opção de inicialização segura quando terminar. Caso contrário, seu computador continuará a inicializar automaticamente no Modo de Segurança toda vez que for reiniciado.

Windows 8

  • Pressionar a tecla Windows, digite Alterar opções de inicialização avançadas e pressionar Enter.
  • Na guia Recuperação, selecionar a opção Reiniciar agora em Inicialização avançada.
  • Aparecerá menu com três opções, selecionar Solucionar problemas.
  • Selecionar Opções avançadas, Configurações de inicialização e, em seguida, o botão Reiniciar.
  • Selecionar a opção de modo de segurança apropriada pressionando o número correspondente no teclado.

Método alternativo 1

O método a seguir não funcionará se houver uma unidade de estado sólido (SSD).

  • Quando o computador estiver inicializando, pressionar e manter pressionada a tecla Shift e tocar na tecla F8 repetidamente até que a tela Recuperação apareça.
  • Clicar na opção Ver opções de reparo avançadas na tela Recuperação.
  • Na tela Escolher uma opção, selecionar a opção Solução de problemas.
  • Selecionar Opções avançadas e, em seguida, Configurações de inicialização do Windows.
  • Na tela Configurações do Windows, clicar na opção Reiniciar.

Se houver problemas para acessar a tela de recuperação na etapa 1 acima, talvez seja necessário tentar várias vezes, com várias reinicializações do computador.

Quando o computador for reiniciado, aparecerá a tela Escolher opções avançadas padrão, semelhante ao exemplo abaixo. Depois, usar as teclas de seta para mover para o Modo de segurança e pressionar Enter.

Escolha Opções avançadas para: Microsoft Windows 8 (usar as teclas de seta para escolher)

  • Reparar seu computador
  • Modo de segurança do modo de segurança com rede com prompt de comando
  • Ativar registro de inicialização
  • Ativar vídeo de baixa resolução
  • Modo de depuração
  • Desativar reinicialização automática na falha do sistema
  • Desativar a aplicação de assinatura de driver
  • Desativar o driver de inicialização
  • Inicie o Windows normalmente

Método alternativo 2

  • Pressionar a tecla Windows e a tecla R juntas para acessar a opção Executar.
  • Digitar msconfig no campo Abrir.
  • Na janela Configuração do sistema, clicar na guia Inicialização.
  • No canto inferior esquerdo, na seção Opções de inicialização, marcar a caixa Inicialização segura.
  • Selecionar a opção Mínimo, Aplicar e depois  OK.
  • Reiniciar o computador e ele deverá ser inicializado no modo de segurança.

Windows 7

Para entrar no modo de segurança do Windows 7, enquanto o computador está inicializando, manter pressionada a tecla F8, que deve exibir a tela Escolher opções avançadas. Depois, usa-se as teclas de seta para mover para o modo de segurança e se pressiona a tecla Enter.

Em alguns computadores, se for pressionado e se segurar uma tecla enquanto o computador está inicializando, aparecerá uma mensagem de tela emperrada. Se isso ocorrer, toca-se continuamente em F8 na inicialização, em vez de segurar.

Problemas ao entrar no modo de segurança

Se, após várias tentativas, não for possível abrir a tela Menu de opções avançadas do Windows pressionando F8, desligue o computador enquanto ele estiver sendo carregado.

Assim, quando o computador é ligado da próxima vez, o Windows deve perceber que o computador não foi inicializado com sucesso e fornecer a tela do Modo de segurança como a mostrada abaixo.

Conclusão

O Modo de Segurança é extremamente útil para reparos críticos.  Mas via de regra, demanda um conhecimento um pouco mais aprofundado da estrutura do Sistema Operacional para que as correções sejam efetivas. Caso contrário, o usuário terá em sua frente apenas um Windows com uma tela com baixa resolução. Além disso, haverá poucos recursos disponíveis.  Mesmo para quem detém certo conhecimento, é recomendada cautela para não agravar ainda mais o problema.