Por irlan.claro em 26/02/2018 em Artigo

Neste artigo, vamos falar sobre o profissional de tecnologia. O que contempla cada área e suas remunerações no mercado. Vale lembrar que a remuneração varia muito de empresa para empresa.

O foco do artigo é dar uma noção para quem busca entrar na área e está em dúvida em qual campo de atuação seguir.

Lembrando que o melhor investimento a ser feito é em você mesmo, quanto mais você se aperfeiçoar e se dedicar maiores serão os objetivos alcançados .

Carreiras do Profissional de Tecnologia

 

Analista de Redes

Profissional de tecnologia de extrema importância dentro da estrutura de qualquer empresa. O Analista de Redes, ou Administrador de Redes é responsável por manter os recursos computacionais “conversando na mesma língua”. Ou seja, definir meios e padrões para que a rede seja um forte aliado dentro do negócio da empresa e não um motivo de problemas.

Este tipo de profissional deve ter no mínimo um curso técnico na área, graduação em Ciências da Computação ou equivalente. É claro que a experiência é levada muito em conta na hora da contratação desse tipo de profissional .

Uma das formas de se tornar um analista de redes é buscar por certificações como :

  • MCP / MCSA e MCSE que são certificados realizados e emitidos pela Microsoft;
  • CCNA também é uma boa certificação pois busca a excelência em redes de computadores, é considerada o carro chefe para qualquer profissional de redes.

Veja algumas atividades realizadas por este profissional:

  • Instalação e ampliação da rede local;
  • Instalar e configurar a máquina gateway da rede local seguindo as orientações “Normas de Utilização do DIN”;
  • Orientar e/ou auxiliar os administradores das sub-redes na instalação/ampliação da sub-rede; manter em funcionamento a rede local do DIN, disponibilizando e otimizando os recursos computacionais disponíveis;
  • Controlar e acompanhar a performance da rede local e sub-redes bem como dos equipamentos e sistemas operacionais instalados;
  • Manter atualizado os dados relativos ao DNS das máquinas da rede local;
  • Garantir a integridade e confidenciabilidade das informações sob seu gerenciamento e verificar ocorrências de infrações e/ou segurança;
  • Promover a utilização de conexão segura entre os usuários do seu domínio.;
  • Tendo como foco principal os serviços de Rede e equipamentos a qual a ele compete;
  • Colocar em prática a política de segurança de redes, além de desenvolvê-la.

O salário em média é de R$ 3.900,00 até R$ 6.000,00.

 

Administrador de Banco de Dados ou DBA 

O Administrador de banco de dados ou DBA é um profissional de tecnologia bem valorizado no mercado de trabalho. Ele lida com algo vital para qualquer empresa – os dados, ou seja, as informações de toda a empresa . Ele é responsável por organizar essas informações de uma maneira que elas possam ser acessadas de maneira rápida e segura, mantendo a integridade de cada dado salvo.

Cursos de graduação são essenciais para se tornar um DBA, Ciências da Computação e Engenharia da Computação são os mais indicados .

Veja algumas atividades desse tipo de profissional :

  • Criação e testes de backup para garantir a recuperabilidade dos dados no caso de falha de hardware ou outros problemas severos;
  • Verificar e zelar pela integridade do banco de dados;
  • Ter um controle de acesso aos dados como quem pode acessar e o que pode acessar e talvez quando possa acessar;
  • Garantir o acesso ao banco de dados no maior tempo possível;
  • Garantir o máximo de desempenho para o banco de dados;
  • Auxiliar a equipe de desenvolvimento e a equipe de testes a maximizar o uso e desempenho do banco de dados.

Salários são em média de R$ 3.000,00 até R$ 9.000,00.

 

Analista de Segurança da Informação

Este profissional de tecnologia atua na proteção da infraestrutura da empresa, mantendo a rede e os dados sempre seguros de ameaças tanto internas quanto externas, sendo por meio de firewalls que protegem a entrada e saídas de dados da rede ou também gerenciando senhas e acessos de todos aqueles que utilizam a estrutura computacional de uma maneira geral .

Monitorando tentativas de invasão à rede e sempre buscando melhorias para deixar a empresa cada vez mais segura.

Formação superior em ciências da computação e engenharia da computação são as mais necessárias para atuar nessa área.

Veja algumas atividades deste tipo de profissional:

  • Projeto e manutenção do esquema de segurança da rede, incluindo a segurança de equipamentos (acesso físico), dos dados (acesso não-autorizado) e de sistemas operacionais de clientes e servidores; este profissional propõe, implementa e monitora a política de segurança quanto ao uso de recursos computacionais;
  • Configuração e manutenção da segurança de rede;
  • Monitoramento constante de aspectos novos relacionados à segurança (novas técnicas de invasão, novos bugs de segurança encontrados em produtos na rede, etc);
  • Profundo conhecimento do protocolo TCP/IP e dos sistemas operacionais de clientes e de servidores existentes na empresa;
  • Em algumas empresas, exige-se que o Analista de Segurança também conheça as linguagens de programação utilizadas pela empresa, este profissional é bem mais raro de se encontrar no mercado e seu salário é proporcionalmente maior;
  • Profundo conhecimento de configuração e atualização de regras em firewalls;
  • Conhecimento de protocolos típicos de inter-redes (Frame Relay, X25, ATM, etc.);
  • Uso de ferramentas de monitoramento de tráfego de rede, incluindo sniffers.

Salários variam de R$ 4.400,00 até R$ 6.400,00.

 

Analistas de Sistemas

Este tipo de profissional de tecnologia sempre terá lugar no mercado. Ele visa realizar estudos de processos computacionais para encontrar o melhor e mais racional caminho para que a informação virtual possa ser processada. Este profissional estuda os diversos sistemas existentes entre hardwares e softwares e o usuário final, incluindo seus comportamentos e aplicações.

Existem diversos tipos de analistas, pois temos muitas linguagens de programação no mercado .

Formação em ciências da computação ou engenharia da computação abrangem este tipo de profissional.

Algumas atividades deste tipo de profissional:

  • Administração do fluxo de informações geradas e distribuídas por redes de computadores dentro de uma organização;
  • Planejamento e organização do processamento, armazenamento, recuperação e disponibilidade das informações;
  • Suporte aos usuários e infra-estrutura tecnológica;
  • Gestão de projetos;
  • Levantamento de requisitos, análise, especificação, projeto do sistema, programação, testes, homologação, implantação e acompanhamento dos sistemas solicitados por seus usuários;
  • Criação de novos produtos e serviços computacionais.

Salários variam entre R$ 6.800,00 a R$ 9.100,00.

 

Analista de Suporte

Este profissional está sempre atualizado com as tendências de tecnologia e lida diretamente com os usuários da empresa, visando sanar qualquer tipo de problema que os colaboradores tenham em tecnologia. Cuida da manutenção da estrutura física de computadores, da estrutura de Rede de área local de computadores e de sistemas operacionais. O Analista também é visto como um gestor de relacionamentos e pessoas, pois lida com todos os níveis da hierárquicos da empresa.

Formação técnica em tecnologia já habilita exercer este tipo de função.

Algumas atividades deste profissional :

  • Instalar e manter os diversos Sistemas Operacionais;
  • Instalar e manter a comunicação digital (correio eletrônico, WEB, FTP, VPN, etc.);
  • Instalar e manter sistemas de gestão (ERP);
  • Instalar e manter sistemas de banco de dados (SGBD);
  • Suporte aos usuários da empresa.

Os salários variam entre R$ 1.000,00 até R$ 7.000,00.

 

Programador Desktop

Um programador desenvolve sistemas visando melhorias na empresa, este tipo de profissional de tecnologia geralmente trabalha em conjunto com analistas de sistemas, onde o analista levanta os requisitos para o sistema e o programador transforma essas idéias em um sistema.

Formação superior não é algo de extrema necessidade para este profissional pois cursos e conhecimentos adquiridos são mais importantes para o bom desempenho .

Algumas atividades são :

  • Listar ou ler as especificações de programas, detalhadas por um analista de sistemas, e que mostram passo a passo as tarefas que o computador precisa executar;
  • Analisar o problema e a melhor forma para solucioná-lo;
  • Preparar diagramas para mostrar a seqüência de procedimentos a ser adotada pela máquina;
  • Codificar essas instruções para uma linguagem de computador;
  • Depois de prontas e implantadas as instruções, o programador deve testar todo o sistema, através de simulação, para verificar falhas e possíveis adequações;
  • Se houver acessórios (impressoras, placas de fax) conectados ao sistema, reescrever os programas de controle desses acessórios para que se tornem compatíveis com as novidades;
  • Testar todas as modificações até que não haja mais problemas e conferir sua eficiência com o analista de sistemas.

Salários ficam em torno de R$ 1.800,00 até R$ 9.000,00 reais.

É claro que existem muitas outras áreas de atuação para o profissional de tecnologia, pois a tecnologia abrange diversos seguimentos e a cada dia surgem novos tipos de profissionais, no artigo acima buscamos apenas demonstrar e direcionar quem deseja ingressar nessa área tendo alguma informação em mente.