Por Marcos Bernardino em 27/09/2018 em Artigo

O Windows prevê, desde suas versões mais antigas, o agendamento do desligamento do computador. Uma das razões para se fazer isso é a necessidade de se instalar e ativar atualizações de segurança fornecidas pela Microsoft e que, muitas vezes são baixadas em segundo plano. Entretanto, para elas serem ativadas dependem da reinicialização da máquina.

Outras razões mais elementares também existem, como a economia de energia, o “descanso” do hardware para que seus componentes eletrônicos se resfriem, e muitas outras.

Windows 10

Primeiro Método

Usando a caixa de diálogo Executar, ou o Prompt de Comando ou o PowerShell para agendar um desligamento.

O comando é o mesmo para qualquer um deles. Para iniciar a caixa de diálogo Executar, basta pressionar a tecla Windows + R. Para executar o Prompt de Comando ou o PowerShell, é possível procurá-lo na barra de pesquisa. Depois digita-se o comando abaixo:

shutdown -s -t 600

Esse parâmetro -s significa desligamento, -t, tempo e 600 que o desligamento será após 600 segundos (10 minutos). É possível definir qualquer valor para o número de segundos. O comando shutdown sempre foi responsável pelo desligamento de todas as versões do Windows. O executável que faz isso é o shutdown.exe.

Segundo Método

Usar o Agendador de Tarefas para agendar um desligamento

Para se ter mais controle sobre um cronograma de desligamento, deve-se usar o Agendador de Tarefas. Para configurar o agendamento do desligamento usando um Agendador de Tarefas, faz-se o seguinte:

Iniciar o Agendador de Tarefas. É possível iniciá-lo indo para a agenda de digitação do Menu Iniciar na barra de pesquisa e escolhendo Agendar tarefas.

Quando o Agendador de Tarefas abrir, clicar em Criar Tarefa Básica.

Escolher um nome para a tarefa, por exemplo, “Desligar”.

Escolher o período de realização da tarefa, por exemplo, se é por uma vez, diariamente, entre outras opções.

Então, digitar a hora e a data em que a tarefa será executada.

Em seguida, escolher Iniciar um programa.

Clicar no botão Procurar e ir para C:\Windows\System32 e selecionar um arquivo chamado shutdown. Em seguida, clicar em Abrir.

Agora, apenas no campo Incluir argumentos, incluir -s e, em seguida, clicar em Avançar.

Finalmente, deve-se ver as informações da tarefa. É possível verificá-lo uma última vez e, se as configurações estiverem corretas, clicar em Concluir para agendar um desligamento.

Windows 8

O Windows 8 possui uma arquitetura um pouco diferente do Windows 10 e, não apenas o agendamento de desligamento apresenta um certo grau de dificuldade para ser realizado, mas, por incrível que pareça, o simples ato de desligar o Windows 8 é uma tarefa complicada, principalmente para aqueles que estão utilizando essa versão do Sistema Operacional pela primeira vez.

Primeiro Método

Em Configurações na barra de botões, para mostrar a barra Charms.
Pressionar Win + C para abrir os Charms e depois clicar em Configurações. Alternativamente, pressionando Win + i se abre diretamente as configurações.

Uma vez aqui, clicar no botão Ligar/Desligar exibirá opções para Suspender, Desligar e Reiniciar.

Criar um atalho

Se há muitos cliques para uma atividade que se faz com frequência, basta criar um atalho para desligar ou reiniciar na área de trabalho do Windows 8, desta forma criando um ícone.  Depois que o atalho é criado, é possível arrastá-lo e fixá-lo na barra de tarefas.

Outra opção é clicar com o botão direito do mouse nos atalhos da área de trabalho e selecionar Enviar. Isso exibirá o atalho como um Ladrilho na tela inicial do Windows 8.

É possível até mesmo desligar ou reiniciar o PC com Windows 8 usando uma tecla de atalho . Para fazer isso, clicar com o botão direito do mouse nos atalhos criados e selecionar Propriedades. Aqui no espaço Tecla de atalho, clicar na tecla de atalho que  atribui a ação. Isto irá aparecer automaticamente no campo.

Clicar em Aplicar e OK.

Na área de trabalho, clicar em Alt + F4  para abrir a caixa de diálogo de desligamento. Esta caixa dará acesso rápido ao desligamento, reinicialização, suspensão, alternar usuário e sair do computador Windows 8. Também pode-se criar um atalho para abrir a caixa de diálogo Encerrar o Windows .

Por meio de tecla de atalho pressiona-se Win + I para abrir as configurações, pressionar a barra de espaço, a seta para cima duas vezes e finalmente pressionar Enter para desligar o sistema.

Power Options

É possível via Power Options no Painel de Controle, definir o que o botão Power fará quando for pressionado ou o que deve acontecer quando se fechar a tampa do laptop.

Editar o Registro

Há mais uma maneira de desligar o computador com Windows 8. Editando o registro, para adicionar essas opções ao menu de contexto do botão direito do mouse da área de trabalho.

Crtl + Alt + Del

E finalmente, pressionando Ctrl + Alt + Del , e na tela que aparece, no botão que aparece no lado inferior direito, aparecerá as opções para Desligar, Reiniciar e Suspender.

Após muitas reclamações, na versão 8.1 do Windows, a Microsoft disponibilizou novamente o botão WINDOWS posicionado historicamente no canto inferior esquerdo da tela de trabalho, assim os usuários podem agora desligar, reiniciar, suspender e hibernar o Windows 8.1 usando o WinX Power Menu.

Windows 7

Nesta versão do Windows há um temporizador de desligamento. Ele é o Windows Shutdown Assistant. É uma ferramenta do Windows multifuncional, que não só pode ajudar a desligar automaticamente o computador, mas também ajudar a agendar o tempo para fazer logoff, reiniciar, bloquear a tela, exibir mensagem ou executar arquivo ou programa.

Além disso, é possível usá-lo para escrever anotações. A função de notas integrada é melhor do que o Windows 7 Sticky Notes. Pode-se colar texto ou imagens em anotações e definir o tamanho da fonte e a cor. Pode-se ocultar notas ou criar várias de cada vez.

1. Este temporizador de desligamento possui uma interface de usuário amigável.

2. É uma ferramenta versátil. Ele não só pode suportar o desligamento, mas também permitir que se reinicie, que se defina tela de bloqueio, possa exibir mensagens e executar arquivos.

3. Ele suporta o Windows 2008, o Windows 7 e o Windows 8 mais recente.

4. Pode agendar o horário da sua ação selecionada.

5. O design do temporizador de desligamento do Windows 7 é muito bom.

6. A ferramenta é estável e funciona bem para todos os sistemas operacionais Windows.

Usando o Shutdown Assistant

Execute o Programa clicando no ícone do programa na sua área de trabalho ou no Início Rápido. Verifique a interface do usuário principal do programa.

O software permite que o computador desligue, bloqueie, faça logoff em diferentes condições. Pode-se definir a hora específica, o tempo ocioso do sistema e a limitação de uso da CPU em Trigger. Em seguida, selecionando a ação na lista suspensa em Ação. Por fim, clicando em Add to Action List e no botão Start. O Windows Shutdown Assistant executará a ação conforme foi definido.

Após, seleciona-se Exibir uma mensagem na lista de ações e, em seguida, insere-se a mensagem que desejada para exibir na tela.

Para se alterar o Layout, clica-se em Configurações, Avançado e Imagem de fundo. Também pode-se visualizar o efeito pressionando Clique para pré-visualizar o efeito final.

É possível abrir um arquivo, executar, ou parar um programa automaticamente com este software.

Mais uma vez, o primeiro passo é personalizar o Trigger. Em seguida, escolher Executar arquivo ou Programa na lista de ações, naveguar pelo arquivo e programa que se deseja executar, adicionar a tarefa à sua lista de ações e clicar em Iniciar. Tudo será feito automaticamente.

Para utilizar Parar programa e serviço, basta executar as mesmas operações.

O software também possibilita abrir várias páginas web agendando-as. Basta configurá-las como uma ação em Trigger.

Ele permite também criar notas, bastando clicar em Criar uma nota no painel de configuração e uma caixa de anotação irá aparecer.

Para isso digitando o texto e o selecionando, clicando com o botão direito nele e editando as notas facilmente com suas funções de edição internas, como tamanho da fonte, cor e outras opções.

Criar manualmente o atalho

Para criar manualmente um atalho “Desligar”:

Clicar com o botão direito do mouse em uma área vazia da área de trabalho e em Novo e Atalho.

Digitar o local abaixo na área de localização e clica-se no botão Próximo.

Para um atalho de desligamento com atraso de tempo e mensagem especificados:

Digitar o local abaixo na área de localização e clicar no botão Próximo.

Substituir ## no comando abaixo por um número entre 0-315360000 para dizer quantos segundos se deseja que seja o tempo antes do desligamento.

Substituir sua mensagem aqui no comando abaixo por uma mensagem de desligamento de até 512 caracteres entre aspas que se gostaria de ver na caixa de diálogo pop-up ao usar o atalho de desligamento. A mensagem só será vista por quanto tempo se definir o tempo de atraso.

shutdown -s -f -t ## -c “sua mensagem aqui”

Por exemplo, pode-se digitar um texto explicativo exatamente para ter um atraso de 30 segundos com uma mensagem entre aspas duplas.

Digitar um nome para o atalho e clicar no botão Concluir.

Clicar com o botão direito do mouse no novo atalho na área de trabalho e clicar em Propriedades.

Em seguida, clicar na guia Atalho e, em seguida, clicar no botão Alterar ícone.

Então, clicar em OK.

Criar o ícone do Atalho

Na linha em Procurar por ícones neste arquivo, clicar em Navegar e navegar até o local do ícone de 256×256 pixels que se deseja usar.

Selecionar o ícone e clicar em OK .

Finalmente, pode-se escolher fixar este atalho na Barra de Tarefas ou fixar no Menu Iniciar, atribuir um atalho de teclado a ele ou movê-lo de onde se desejar para facilitar o uso.

O tempo que o sistema aguarda para que os serviços após notificar o usuário sobre quais ainda estão em execução, aguardando uma decisão do usuário antes de encerrá-los automaticamente pode ser configurado através do WaitToKillServiceTimeout.

Quando o valor WaitToKillServiceTimeout dessa entrada expira, o sistema notifica o usuário de que o serviço não foi interrompido. O usuário pode forçar a parada do serviço ou continuar aguardando. Se o usuário aguardar, esse valor WaitToKillServiceTimeout especifica o intervalo entre avisos repetidos para o usuário de que o serviço não foi interrompido.
Se todos os serviços pararem antes que o valor do WaitToKillServiceTimeout expire, o sistema é desligado; não espera que esse valor expire.

Mas é preciso salvar e fechar todos os programas antes do desligamento da máquina para evitar qualquer perda de dados.

Conclusão

O simples ato de desligamento do computador que se utiliza diariamente pode adquirir diversas características que, quando devidamente configuradas, facilitam sensivelmente nossas tarefas diárias.

Sempre que houver a necessidade de alguma intervenção diretamente no registro de Windows, seja lá qual for a versão, sempre é conveniente criarmos antes um ponto de recuperação do sistema operacional ou realizarmos uma cópia de segurança do registro do Windows.