Por Marcos Bernardino em 18/09/2018 em Artigo

Por padrão o Windows 10 já vem configurado para procurar e instalar automaticamente as atualizações disponibilizadas pela Microsoft. Isso faz que automaticamente se instale as atualizações, se reinicie o computador ou o Windows trabalhe nisso quando se reinicia o computador, o que muitas vezes é indesejável. Porém, é possível mudar as configurações para que as atualizações sejam agendadas. Este artigo fala sobre as várias formas de configurar agendamento de atualizações no Windows 10.

Há muitas mudanças no Windows 10 e as atualizações automáticas são uma delas. Juntamente com as atualizações automáticas, o Windows 10 também é pré configurado para usar sua largura de banda para fornecer atualizações. Quando se trata de atualizações automáticas, não há maneira direta de configurá-las ou desativá-las, no entanto, existem alternativas para minimizar os problemas causados pela atualização automática.

Ativar a Reinicialização Agendada

O Windows 10 reinicia automaticamente sempre que termina de baixar ou instalar as atualizações. Mas é possível configurar o Windows 10 para reiniciar em um horário agendado, para que o computador não reinicie em algum momento inconveniente. Para fazer isso, clicar no ícone Notificação na barra de tarefas e selecionar a opção Todas as configurações.

A ação acima irá abrir o painel de configurações do Windows 10. Aqui, selecionar a opção Atualizar e Segurança.

Selecionar Windows Update no painel esquerdo e, em seguida, clicar no link Opções avançadas no painel direito.

Em Escolher como as atualizações são instaladas, selecionar a opção Notificar para agendar a reinicialização no menu suspenso.

Dessa forma, de agora em diante, o Windows 10 notificará o agendamento de uma reinicialização para instalar as atualizações baixadas.

Notificação de Atualizações Disponíveis Para Download

Além de programar uma reinicialização após o download ou a instalação das atualizações, é possível forçar o Windows a notificá-la antes de fazer o download. Para fazer isso, pressionar Win + R e digitar gpedit.msc para abrir o Editor de Políticas de Grupo do Windows.

Naveguar até Configuração do Computador -> Modelos Administrativos -> Componentes do Windows -> Windows Update no painel esquerdo e clicar duas vezes na política Configurar Atualizações Automáticas.

Assim a ação acima irá abrir as configurações de política. Selecionar o botão de opção Ativado e, em seguida, selecionar a opção Notificar para download e notificar para instalação no menu suspenso. Então clicar no botão Ok para salvar as alterações.

Depois, reiniciar o sistema. O Windows 10 agora notificará antes de baixar e instalar as atualizações.

Apesar de o Windows 10 notificar antes de baixar e instalar as atualizações, ainda não é possível escolher quais atualizações serão baixadas e instaladas.

Ocultar Atualizações Indesejadas

Se há uma atualização que esteja em conflito com o sistema, é possível ocultá-las facilmente usando o aplicativo Mostrar ou Ocultar atualizações da solução de problemas fornecido pela Microsoft.

Para começar, baixar o aplicativo e executá-lo. Uma vez que o aplicativo foi aberto, clicar no botão Próximo para continuar.

Clicar na opção Ocultar atualizações.

Esta ação fará a varredura de todas as atualizações disponíveis, incluindo
as atualizações do driver. Assim, basta selecionar as atualizações que se deseja ocultar e clicar no botão Próximo.

Esta ação irá esconder a atualização.

Na verdade, esta solução é apenas temporária, e as atualizações ressurgirão de vez em quando.

Desativar a Otimização de Entrega do Windows Update

O Windows 10 traz muitos recursos novos e alguns antigos se modificaram. Quando se trata de dados da internet, muitos usuários, especialmente nos EUA, desfrutam de dados ilimitados em casa. Ainda existem partes do mundo onde há limites de dados mensais para várias conexões de Internet, e isso pode causar problemas com o Windows 10.

Um novo recurso do Windows 10 é a Otimização de Entrega do Windows Update. O recurso permite obter atualizações do Windows e aplicativos do Windows Store. A Microsoft explica as razões para esse recurso em seu FAQ detalhado sobre a tecnologia:

Isso pode ajudar a obter atualizações e aplicativos mais rapidamente se a conexão for com a Internet limitada ou não confiável. E se houver mais de um PC, ele poderá reduzir a largura de banda da Internet necessária para manter todos os PCs atualizados. Além disso, a Otimização de Entrega também envia atualizações e aplicativos do PC para outros PCs na rede local ou PCs na Internet.

Existem duas características importantes:

Por padrão, a Otimização de Entrega do Windows Update está ativada. Se foram feitas Configurações Expressas durante a configuração do Windows 10, se concordou em ativar esse recurso.

PCs na Internet – Embora seja possível compartilhar com computadores na rede, também é compartilhar pequenas atualizações para outros PCs na Internet. Não há motivos para preocupações com a segurança. Os dados são isolados e existem apenas bits compartilhados, não serviços inteiros ou atualizações.

A Microsoft documenta bem estas informações, detalhando-as em seu FAQ sobre o assunto, que também está vinculado em Configurações.

Para configurar a otimização de entrega do Windows Update, existem alguns passos:

  • Ir para Todas as configurações.
  • Escolher Atualização e Segurança.
  • Escolher Atualização do Windows e clicar em Opções avançadas
  • Escolher como as atualizações são entregues
  • Modificar da forma que se desejar.

Opções

É possível desativar ou ativar a Otimização de Entrega do Windows Update. Também existe a opção de “compartilhar com PCs na minha rede” ou “PCs na Internet”.

Também é possível usar os métodos adiar atualizações do Windows ou impedir temporariamente uma atualização ou driver do Windows.

Outra opção é tentar alternar para uma conexão restrita Wi-Fi (desconectar ethernet) ou usar um módulo USB Wi-Fi e configurá-los para limitado.

O Windows 10 da Microsoft é um sistema operacional muito baseado na nuvem. Essa dependência de uma conexão de internet dedicada. De perfis de roaming a sincronização de papéis de parede, OneDrive, Windows Updates e Windows como serviço (WaaS), esse é um sistema operacional muito dependente da Internet.

Como Agendar Atualizações do Windows

Agendar as atualizações é a melhor forma de manter o computador seguro e funcionando bem, sem o inconveniente de uma atualização no momento errado.

  • Iniciar o Editor de Política de Grupo Local.
  • Pressionar as teclas Win + R e digitar gpedit.msc na caixa de entrada.
  • Usando o Editor de Diretiva de Grupo Local, navegar até Configuração do Computador \ Modelos Administrativos \ Componentes do Windows \ Windows Update.
  • Dar um clique duplo em Configurar Atualizações Automáticas para abrir a janela de configuração.
  • Escolher o destino.
  • Ativar a opção de agendamento.
  • Escolher Data e Hora da atualização.
  • Clicar em Aplicar para garantir que a configuração seja concluída e, em seguida, pressionar OK para sair da janela.

Como Adiar as Atualizações do Windows 10

Enquanto muitos entusiastas comemoram cada vez que uma atualização é lançada para o Windows 10 , há um grupo de pessoas e empresas que preferem esperar. Certas edições do Windows 10 permitem que você adie atualizações, o que garante que um software importante não seja quebrado. Os novos recursos não serão instalados por vários meses para permitir mais testes, mas ainda serão instaladas atualizações de segurança. Os passos para isso são:

  • Ir para Configurações e depois Atualização e segurança.
  • Clicar em Opções avançadas.
  • Marcar a caixa Adiar atualizações.

Adiar atualizações não afeta as atualizações de segurança. Adiar atualizações impedirá que se obtenha os recursos mais recentes do Windows assim que estiverem disponíveis.

Se não aparecer a opção Adiar atualizações, isso significa que a edição do Windows 10 não suporta este recurso. É necessário comprar uma licença do Windows Pro, Enterprise ou Education.

Escolher o que deve ser instalado

No Windows 10, o dispositivo é sempre atualizado com os recursos e correções mais recentes. Atualizações e drivers são instalados automaticamente, sem a necessidade de selecionar quais atualizações são necessárias ou não necessárias. No entanto, algumas pessoas preferem escolher quais atualizações e drivers devem ser instalados. Isso se faz como indicado abaixo:

Em primeiro lugar, fazer o download e abra o pacote de solução de problemas Mostrar ou ocultar atualizações. Este pacote da Microsoft permite que você selecione as atualizações que o Windows instalará automaticamente.

Clicar em Avançar para começar a verificar se há atualizações. Clicar em Ocultar atualizações.

Então, se houver atualizações disponíveis, marcar a caixa ao lado da atualização que não se deseja instalar e clicar em Avançar.

Depois, fechar a solução de problemas e abrir Configurações > Atualização e segurança. Quando se verificar atualizações, o Windows 10 não poderá ver ou instalar as atualizações que foram ocultadas com o pacote de solução de problemas.

Desativar atualizações desativando serviços

Outra maneira de desativar as atualizações do Windows 10 é simplesmente impedir que o serviço de atualizações do Windows seja executado. Para fazer isso, pressione Win + R, digite services.msc e pressione o botão Enter para abrir o Windows Services.

Uma vez que a janela Serviços foi aberta, encontrar o serviço Windows Update e clicar com o botão direito nele e selecionar a opção Propriedades.

A ação acima irá abrir a janela Propriedades do Windows Update. Selecionar a opção Desativado no menu suspenso ao lado de Tipo de inicialização. Uma vez selecionado, clicar no botão Ok para salvar as alterações.

Deste ponto em diante, nenhuma atualização será instalada em sua máquina com Windows 10.

Conclusão

Resumindo, atualizações são importantes para manter o computador seguro e o sistema operacional funcionando bem. Mas nem sempre é conveniente fazer uma atualização. Esses métodos explicados acima, dão uma certa liberdade para escolher quando e como fazer a atualização. Isso pode economizar dados ou mesmo organizar o tempo que temos para as atividades administrativa do sistema e outros trabalhos que não tem a ver com ele.