Por Juliana Gaidargi em 28/09/2018 em Artigo

O Conectividade Social consiste em um canal obrigatório de acesso e troca de informações entre empregadores e a Previdência Social. Ou seja, viabiliza ao empregador enviar dados relacionadas ao FGTS à Caixa Econômica Federal, que opera este fundo, via internet

 

O Conectividade Social oferece várias funcionalidades aos usuários. Entre elas, destacam-se as seguintes:

– Arquivos PIS-Empresa WEB;

– Arquivos de Guias de Recolhimento Rescisório do FGTS – GRRF;

– Arquivos gerados pelo SEFIP (Sistema Empresa de Recolhimento do FGTS e Informações à Previdência Social).

Além disso, o Conectividade Social ainda permite obter extratos das contas vinculadas de FGTS e relatórios de inconsistências cadastrais.

 

Quem pode usar o Conectividade Social?

Este canal é focado em Microempreendedores Individuais (MEI) e empresas que optaram pelo plano SIMPLES, o qual conta com até 10 empregados. Contudo, agentes Financeiros FCVS e Agentes Financeiros do SFH podem utilizá-lo para enviar e receber movimentações de FCVS e CADMUT.

É importante frisar que outros tipos de empregadores devem usar o canal  Conectividade Social padrão ICP.

 

Por que usar este canal?

O Conectividade Social pode facilitar o cumprimento de obrigações empregatícias relacionadas ao FGTS e à Previdência social. Isso porque ele simplifica o envio das informações para o recolhimento desse imposto.

Não obstante, o Conectividade Social é um canal direto entre a Caixa e o empregador. Isso facilita a obtenção de informações relevantes sobre o fundo, reduzindo custos operacionais e inconsistências. Ao ter um processo mais assertivo, o empregador também não precisa se preocupar em fazer regularizações futuras em sua empresa.

 

Acessando o Conectividade Social

Para utilizar este canal, é necessário instalar um programa específico no computador. Este software deve ser baixado do site da Caixa Econômica Federal, sendo esse um software pode ser obtido junto ao site da Caixa Econômica Federal. Vale lembrar que ele demanda o uso de uma Certificação Eletrônica válida e senha.

Onde obter uma Certificação Eletrônica?

Essa certificação é imprescindível para conseguir acessar o Conectividade Social. Os Microempreendedores Individuais (MEI) e empresas do SIMPLES, com até 10 empregados, podem conseguir sua Certificação Eletrônica em qualquer agência da Caixa Econômica Federal.

Com ela, tanto empresas quanto pessoas físicas podem assinar contratos eletrônicos com validade jurídica através da internet. É importante ressaltar que este certificado também pode ser usado para outras aplicações federais, estaduais e municipais.

 

Passo-a-passo do Conectividade Social

Muitos usuários do canal já se depararam com telas de erro ao tentarem acessar suas funcionalidades.

Por conta disso, é importante saber como driblar essas barreiras a fim de realizar o trabalho com assertividade e rapidez. Para isso, basta manter em mente que:

  1. O site Conectividade Social só aceita ser aberto pelo Internet Explorer versão 11;
  2. A versão do Java do computador precisa ser a 7. Isso porque a versão 8 é incompatível com o site;
  3. É preciso fazer três configurações no Internet Explorer e uma configuração no Java antes de conseguir acessar o site.

Conectividade Social pelo Internet Explorer

Ao abrir o Internet Explorer, deve-se clicar em “Opções de Internet”. Na aba “Avançadas”, o usuário deve manter selecionadas as opções “Usar SSL 2.0” e “Usar TSL 1.0”.

Ainda no Internet Explorer, deve-se selecionar a aba “Segurança”. Feito isso, o usuário deve clicar em “Sites Confiáveis” e, em seguida, arrastar o nível de segurança para “Baixo”. Depois basta clicar em “Sites” e adicionar o link do site Conectividade Social.

A última configuração do Internet Explorer consiste em clicar em “Configurações do Modo de Exibição e Compatibilidade” e adicionar o link do site Conectividade Social. Deve-se manter selecionada a opção “Exibir sites da intranet no Modo de Exibição de Compatibilidade”.

Configurando o JAVA

Para isso, é preciso adicionar os sites abaixo na lista de exceções do Java:

http://conectividade.caixa.gov.br

http://conectividade.caixa.gov.br:80/static/sicnsregistro/applet/assinar1.jar

https://conectividade.caixa.gov.br

https://conectividade.caixa.gov.br/registro/registrar.m?null

https://conectividade.caixa.gov.br:443

O processo de adição consiste em abrir o “Painel de Controle”, clicar em “Programas” e escolher a opção “Java”.

Com isso, o programa abrirá uma janela onde o usuário deverá clicar nas abas “Segurança” e “Editar Lista de Sites”. Em seguida, bastará adicionar os links da lista acima.

Depois de fazer todas estas alterações, o usuário deve reiniciar seu computador. Vale lembrar que, para acessar o Conectividade Social, é preciso ter o Certificado Digital.

A diferença entre Conectividade Social e Conectividade Social ICP

Pode-se dizer que o Conectividade Social ICP é uma evolução do canal padrão. Embora ele seja ligeiramente diferente, também serve para tratar de processos relacionados ao FGTS e a outros produtos sociais pertencentes ao Governo Federal.

Na verdade, a principal diferença entre os canais é que o Conectividade Social ICP é 100% online. Ou seja, não demanda a instalação de nenhum programa no computador do usuário para ser acessado.

Dessa forma, o Conectividade Social ICP permite, além de consultar, realizar outras transações relacionadas à transferência de benefícios, tal como alterações cadastrais e comunicações de afastamento do colaborador. Ainda assim, o uso de um Certificado Digital se faz necessário para efetuar o acesso ao site.

Outras mudanças

Ao não demandar mais a instalação de um software terceiro no computador para ser utilizado, o empregador ganhou mobilidade. Ou seja, por ser totalmente online, é possível realizar consultas de qualquer local ou dispositivo.

Um outro benefício do novo sistema é a alta disponibilidade de informações. Isso porque, no programa anterior, era preciso manter sempre a última versão instalada para que os arquivos pudessem ser transferidos com sucesso para a Caixa Econômica. Entretanto, atualmente as atualizações são feitas de forma instantânea, facilitando o acesso às informações por parte dos administradores públicos.

Isso acontece porque, via internet, as atualizações ficam disponíveis no mesmo instante em que o cadastro de dados é feito pelo empresário ou contador responsável.

Segurança em primeiro lugar

Embora o Conectividade Social ICP ofereça uma grande comodidade no que diz respeito ao local de acesso, é importante se manter atento. Isso porque, apesar do programa ser considerado seguro, ao utilizar uma rede não segura o empresário pode colocar em risco a segurança dos dados da empresa e de seus colaboradores. Outro ponto de atenção é que o dispositivo utilizado precisa ter instalado o drive de leitura de certificados.

Comentários