Por Infonova em 4/05/2016 em Artigo

A história nos mostra que o sexo dominante sempre foi o masculino. Este era o provedor, o mantenedor, o patriarca, o protetor. A força física foi e é um diferencial masculino, por isso ao longo dos anos a mulher sempre foi muito depende e incapaz muitas vezes de provar seu valor e experimentar diferentes conquistas. Sempre criada para ser mãe e esposa, deixou de lado a carreira acadêmica e profissional e quando tentava fazê-lo era descriminada.

Em meio a tantas conquistas da mulher do século XXI ainda existem barreiras a serem derrubadas. Como exemplo disso as diferenças salariais, a segregação de áreas de trabalho, o assédio moral e sexual. No entanto muitos outros horizontes foram desbravados. Conquistou direto ao voto, direto de ingressar na vida acadêmica, direito de expressão, direito de escolher ter ou não filhos, direito de tomar as suas próprias decisões.
1
Com a evolução dos costumes socioculturais, a mulher progrediu na aquisição de direitos em relação ao homem, no entanto, possui as mesmas responsabilidades anteriores, de mãe, esposa e dona do lar. Porém, agora com um maior desenvolvimento e envolvimento de sua personalidade frente às diversas atribuições, passando ela a dominar e assumir praticamente todas as situações e áreas: arte, ciência, tecnologia, casa, gestão, trabalho, decisões, iniciativas, política, entre outros.

Todas estas alterações na história da mulher, fizeram com que ocorressem profundas transformações psicológicas e ideológicas nas novas gerações, resultando em um ser humano mais livre, independente e autônoma, ao invés de submissa, dependente, obediente e incapaz.
2
Diante de tantas responsabilidades, podemos dizer que as mulheres são vencedoras de grandes batalhas. Elas procuram sempre encontrar equilíbrio entre a carreira e a família, sem perder a sua feminilidade, encontrando um rumo, uma nova forma de viver, uma nova forma de transformar a sociedade e conquistar ainda mais, através de uma participação ativa na sociedade.

Muitas qualidades e transformações do mundo na atualidade só foram observadas depois da sua participação ativa, ela acrescenta uma visão ampla ao mercado de trabalho, ao cenário acadêmico. É capaz de gerenciar mais tarefas em muitos casos e faz isso com um toque feminino e também um toque de alguém que durante muito tempo não pode mostrar o seu valor, mas que agora está com toda garra e vontade de galgar cada dia mais posições.

1 pensamento sobre “As Vitórias da Mulher do Século XXI”

Comentários estão fechados.